dicas para mães em home office dicas para mães em home office

4 dicas para mães em home office

4 minutos para ler

Tudo aponta que o home office veio para ficar. O formato de trabalho remoto atingiu o pico de popularidade com a pandemia do Coronavírus, e provou tanto para as empresas como para os funcionários que é possível produzir de casa.

Temos vários conteúdos que tratam sobre questões do home office, e nesse artigo vamos olhar para os desafios enfrentados pelas colaboradoras que são mães.

Por isso, siga a leitura e confira 4 dicas para ajudar essas mulheres que muitas vezes precisam fazer várias jornadas para dar conta de tudo no dia a dia.

1. Não sofra sozinha

Poder contar com a ajuda de pessoas próximas em momentos de tensão se torna primordial. Nesse sentido, uma pesquisa feita pela consultoria Filhos no Currículo em conjunto com o Movimento Mulher 360 apontou que a falta de rede de apoio é a principal barreira para a produtividade entre as mães em home office.

”Existe uma questão estrutural histórica de sobrepeso de tarefas domésticas e cuidados com os filhos que estão acumuladas nos ombros das mulheres. Elas têm mais que o dobro de horas de trabalho nessas funções do que os homens”, explicou a CEO da Filhos no Currículo, Michelle Levy Terni.

Sendo assim, oa\ cenário ideal é que a empresa se posicione como uma facilitadora, e não como mais um impeditivo. É claro que as demandas e a carga horária são inerentes ao trabalho, mas criar um relacionamento humanizado com os colaboradores deve fazer parte da cultura da empresa.

Especialistas da área de Recursos Humanos afirmam que muitas mulheres acabam pedindo demissão por não ver uma abertura ou acolhimento por parte da empresa para ter uma conversa transparente sobre a sua situação.

2. Negocie um horário flexível

Conciliar produtividade e horário comercial pode ser um desafio para muitos dos colaboradores que fazem home office. No caso das mães, é inviável passar oito horas por dia trabalhando sem interrupções, afinal, elas precisam acompanhar também a rotina dos filhos.

São raros os casos em que não é viável estabelecer uma jornada de trabalho com horário flexível. Os benefícios de maior bem-estar e aumento na produtividade são ganhos para ambas as partes.

3. Aceite que você não pode dar conta de tudo

É importante ser flexível consigo mesma. Muitas vezes, mães sentem vontade de realizar diversas atividades, mas isso não é compatível com a rotina.

Nesse sentido, busque adaptar sua rotina. Em dias que estiver mais cansada, não precisa ler um livro inteiro para o seu filho antes de dormir, mas pode ler apenas dois capítulos, por exemplo. Já do lado do trabalho, talvez você precise de um dia a mais para finalizar uma entrega. E está tudo bem.

4. Tenha ajuda psicológica

Enfim, busque ajuda psicológica para lidar com tudo isso. Afinal, toda mãe coloca a saúde dos filhos acima de tudo, mas isso não significa prejudicar a própria.

Nesse sentido, uma forma de prática de cuidar do seu bem-estar mental é a telepsicologia.

A telepsicologia é uma grande tendência de RH e pode ser um benefício oferecido pelas empresas. Sendo assim, Então, entre em contato com o departamento responsável na empresa em que trabalha e veja se este tipo de benefício já foi implementado aos colaboradores.

Gostou de conferir dicas para mães em home office? Siga a Conexa Saúde no Instagram e Facebook para ficar por dentro de mais conteúdos!

Posts relacionados

Deixe um comentário