4 boas práticas para manter a higiene no trabalho 4 boas práticas para manter a higiene no trabalho

4 dicas para melhorar a higiene no trabalho

4 minutos para ler

Praticar a higiene no trabalho traz benefícios para proteção tanto para o funcionário, como para o time como um todo. Por isso, o assunto deve ser trabalho constantemente para conscientizar e motivar os trabalhadores sobre a importância de manter a boa saúde.

Na maioria das vezes, as atividades são preventivas e, quando seguidas rotineiramente, trazem benefícios para todos os envolvidos.

Ficou curioso sobre o assunto? Então, fique por aqui que apresentaremos as melhores práticas de higiene no trabalho! Confira!

1. Mantenha uma rotina de limpeza e higiene no trabalho

Ter a rotina de limpeza bem estabelecida é um dos passos fundamentais para garantir a boa higiene no ambiente corporativo.

Para que isso aconteça, é preciso que o serviço especializado determine um cronograma de execução e os produtos necessários para realizar higiene no trabalho.

Nesse sentido, existem duas formas de limpeza:

  • Limpeza diária: retirada da poeira e da sujeira aparente no piso;
  • Limpeza profunda: deslocamento dos móveis e um período maior para a realização das atividades previstas.

Nesse sentido, é preciso comunicar sobre a rotina de limpeza diária e profunda, para não impactar as atividades profissionais.

Além disso, também recomendamos incentivar os colaboradores a evitarem o acúmulo de impurezas em seu ambiente particular de trabalho.

2. Crie regras de boa convivência

Apesar de ser trabalhoso, criar boas regras de convivência continua sendo a melhor estratégia para conscientizar os colaboradores sobre causas importantes. Por exemplo, adotar ações para informar sobre a importância na higiene no trabalho e descarte consciente de lixo podem ser uma boa ideia.

Nesse sentido, dependendo do perfil do grupo e do tamanho da empresa, é possível estimular até o descarte seletivo de lixo.

Um assunto que pode ser abordado é o reaproveitamento de insumos do escritório, entre outras iniciativas com custo-benefício favorável para todos os envolvidos.

3. Ofereça artigos de higiene pessoal

Uma boa forma de incentivar a higiene no trabalho é fornecer aos colaboradores alguns artigos de limpeza para manter seu próprio ambiente e a própria higiene pessoal. Confira alguns produtos que podem fazer parte desse kit:

  • Álcool 70º;
  • Lixeirinha para a mesa;
  • Sabonete líquido;
  • Escova e pasta de dentes.

Além disso, também é possível disponibilizar kits individuais para refeições, com copos, talheres e pratos. Nesse sentido, é sempre bom sugerir que refeições e lanches aconteçam sempre no espaço reservado para isso, não em sua mesa de trabalho.

Dessa forma, todos podem contribuir para manter o ambiente limpo, e aumentando a produtividade de seus colaboradores e evitando doenças ocupacionais e crônicas.

4. Estabeleça a cultura da higiene no trabalho

Em geral, respondemos melhor à sugestões quando entendemos o impacto da ação. Sendo assim, é recomendado sempre dar exemplos de consequências do que está sendo pedido para não fazer.

Fazer as refeições na mesa de trabalho, por exemplo, pode deixar sujeiras no teclado do computador e em outros objetos pessoais. Dessa forma, facilitamos a proliferação de micro-organismos ali.

Nesse sentido, o setor de recursos humanos pode fazer uma parceria com a medicina do trabalho, e realizar uma análise das dúvidas e atitudes dos colaboradores. Assim, é possível levantar as principais dúvidas dos profissionais, e saber quais materiais e ações que podem ser mais efetivos para conversar com eles.

Afinal, entender a importância da higiene no trabalho colabora para a mudança de comportamento. Por isso, elaborar um planejamento de ações efetivas e com informações bem comunicadas traz diversos benefícios para a cultura organizacional da empresa.


E você, gostou do nosso material? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter e fique por dentro desses assuntos!

Posts relacionados

Deixe um comentário