Subscribe Now

Trending News

Os prós e os contras de um ambiente de trabalho competitivo
Saúde no Trabalho

Os prós e os contras de um ambiente de trabalho competitivo

A concorrência funciona bem para o mercado. Estimula a criatividade, inovação e investimentos, melhorando qualquer produto ou serviço. Na busca pela preferência do cliente as empresas estão atentas às novidades e de olho nos concorrentes.

É preciso trabalhar duro para manter sua posição e qualquer deslize pode acabar com a reputação de uma organização, em segundos, na era virtual.
Mas se o cenário for o ambiente de trabalho? Até que ponto a competição entre os funcionários é boa para a carreira deles e para a empresa?

Quer saber mais sobre os prós e contras de um ambiente de trabalho competitivo? Então, não deixe de ler nosso post de hoje!

Um leão por dia


Imagine ter certeza que nunca será demitido. Como você agiria? Chegaria no horário? Faria todas as tarefas como antes? Certamente não.

Pode parecer exagero, mas quando estamos em uma situação confortável, a tendência é a acomodação. E isso é péssimo para qualquer área da vida, principalmente no trabalho. Com um mercado cada vez mais exigente a cobrança aos profissionais é bem maior.

É aí que se estabelece a disputa para manter-se dentro das organizações, principalmente num cenário econômico atual.

Competição saudável

Mas a luta para garantir seu espaço não precisa ser uma guerra no escritório. Ao contrário. Ela deve servir para o crescimento individual e da empresa. Deve estimular o interesse e a criatividade dos funcionários.

E os ambientes corporativos colaboram com essa emulação, na medida em que há públicos com mais ou menos experiências de trabalho e de vida. Essa diferença provoca os funcionários a buscar conhecimento para estar no patamar dos mais jovens. Ganha o profissional, ganha a empresa.

Uma linha tênue

Nem todo colega de trabalho pensa no coletivo. Alguns passam a ver o outro como adversário. Levam a ideia tão ao pé da letra que podem agir de má fé e até prejudicando os colegas. Muitas vezes é assim que conhecemos a índole de certos colaboradores.

Alguns parecem fazer de tudo para se sobressair, seja crescendo no conceito do gestor ou para conseguir uma promoção. Quem nunca teve um colega de trabalho que tornou a convivência difícil na empresa?

Papel na empresa

O papel da empresa é muito importante nesse cenário para estimular uma competição saudável nas organizações. Elogiar os acertos e pontuar os erros sem supervaloriza-los mostra imparcialidade e profissionalismo.

Criar desafios para as equipes mediante compensação também estimula os funcionários a produzir mais. Essas compensações não necessariamente
precisam ser somente financeiras, mas podem vir em forma de permutas, cursos, palestras ou até de folgas.

O trabalhador ganha

A rivalidade profissional tem seu lado bom. Quando estamos acomodados é bom ter aquela “sacudida”, que pode ser a chegada de um novo integrante na equipe ou anúncio de uma promoção.

O fato é que o se humano precisa desses estímulos para renovar-se, investir mais na carreira. E isso pode ser fazendo um curso ou mesmo interessando-se por outras áreas da profissão ou dentro da organização. Essa atitude vai contribuir para a sua reputação profissional.

O que achou sobre esse artigo sobre ambiente de trabalho competitivo?

Para manter-se informado, nada melhor do que acessar um conteúdo de qualidade, não é mesmo? Por isso, siga nosso LinkedIn para acompanhar as novidades!

Texto: Luciana Cavalcante

fale conoscoPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *