Subscribe Now

Trending News

Atrasos: uma das principais atitudes que o RH observa nos colaboradores
Saúde no Trabalho

Atrasos: uma das principais atitudes que o RH observa nos colaboradores

Quando o RH pergunta em uma entrevista de emprego as qualidades e defeitos do candidato, ”pontualidade” está na resposta de muitos como algo positivo.

E é claro que é. Mas ser pontual diz sobre compromisso, responsabilidade e até educação. É algo básico e não deveria ser considerado um ”plus” na personalidade de alguém.

Infelizmente a cultura brasileira trata aqueles 15 minutinhos de atraso como algo normal. A grande pegadinha é que o ambiente corporativo funciona na pontualidade inglesa.

Atrasos no trabalho não são apenas constrangedores. Este pode ser um dos piores hábitos que alguém pode ter, sendo um grande motivo para demissões. Afinal, o absenteísmo é um dos principais custos indiretos de uma empresa.

Colaboradores atrasados

Em todo escritório, há aquele colaborador conhecido como o atrasado. O resto do time pode achar graça, mas seu colega está em grande risco.

Atrasos no trabalho são tão sérios que podem colocar em questionamento até os currículos mais brilhantes.

Porque o atraso não diz apenas sobre o relógio. É sobre assiduidade.

Do que adianta o projeto do colaborador ser incrível, se o restante da equipe é prejudicada quando o assunto é prazos? E se ele vai constranger o nome da empresa ao chegar atrasado para a reunião com o cliente?

Pois é, o assunto é mais sério que apenas uma má fama.

Superiores atrasados

Quem disse que só colaboradores levam a fama de atrasados? Isso está longe de ser verdade!

Quando a chefia reproduz este comportamento, dá de certa forma um aval positivo para os funcionários normatizarem os atrasos no trabalho.

Superiores atrasados geram um clima de mal estar no ambiente corporativo. Além de desrespeitoso, pode gerar desânimo e apatia

O pensamento dos colaboradores é: ”Não sei que para que acordo cedo e chego no horário na reunião pro chefe chegar atrasado”. 

As consequências na rotina

Atrasos no trabalho geram consequências no resto do dia. 

Pense com seus botões: vale a pena precisar engolir a comida ou chegar mais tarde em casa porque você não conseguiu se organizar pela manhã? 

Garantimos que a resposta é não. Viver neste sistema de compensação do atraso te deixará a um passo de sacrificar a sua saúde mental.

Será que sou ‘o atrasado’?

Passou da hora de atrasos no trabalho serem vistos como detalhe ou até piada. Na visão do RH, este é um enorme defeito que pode colocar carreiras inteiras na linha de fogo.

Vale deixar claro que não estamos falando daquele colaborador exemplar que se atrasou uma vez ou outra por motivos externos. O problema acontece quando o atraso é rotineiro e normatizado. Nestes casos, foque no planejamento e organização para romper com este mau hábito. 

E se você está na dúvida se é chamado de atrasado secretamente pelo RH da sua empresa, a melhor dica é abrir o jogo e ser transparente

Peça feedback sobre o seu desempempenho com horário. Caso a resposta seja negativa, mostre-se disposto a melhorar antes que seja tarde.

Gostou das dicas? Compartilhe com aquele colega que sempre se atrasa para ajudá-lo! E não esqueça de curtir a página da Conexa Saúde no Facebook para ter mais conteúdos como este na palma da mão.

Texto: Manoela Caldas.

fale conoscoPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *