Subscribe Now

Trending News

O seu colega de trabalho está te sabotando?
Saúde no Trabalho

O seu colega de trabalho está te sabotando?

Relações interpessoais são desafiadoras por natureza. Toda família tem seus problemas, todo casal briga, amigos têm atritos e é claro que não seria diferente no trabalho.

Automaticamente, pensa-se na dinâmica entre chefes e subordinados. Porém, mesmo com a horizontalidade de uma equipe, o convívio entre colaboradores pode ser marcado por faíscas. O seu colega de trabalho te acompanhará durante muitas horas semanais. Portanto, assim como irmãos, é natural que certos desentendimentos ocorram.

Mas há uma grande diferença entre desacordos pontuais e um ambiente de trabalho totalmente dominado por uma atmosfera tóxica que não apenas afeta negativamente o resultado final dos projetos em que vocês trabalham juntos, como te desanima de ir para o escritório.

Este cenário jamais deve ser normalizado. Se você sente que um colega de trabalho é responsável por fazer a sua experiência naquela empresa pior, ele pode estar te sabotando. Para você tirar a prova final, vamos listar alguns dos sinais que devem levantar a bandeira vermelha sobre este tal colega.

As oportunidades nunca chegam até você 

Seu colega de trabalho está sempre com projetos novos, tarefas inovadoras e protagonismo nos resultados, e você não? Já parou para pensar no porque

Importante dizer que estamos falando de colaboradores do mesmo nível na empresa, com capacidade e funções semelhantes. Se, neste caso, um parece se destacar mais que o outro, é provável que haja algum ruído na comunicação.

É provável que ele esteja monopolizando as demandas. O excesso de competitividade faz com que muitos passem por cima dos seus semelhantes para ”vencer” a qualquer custo.

Mudanças nunca são bem-vindas

Você é esperto e está sempre estudando para se capacitar mais. Apesar de fazer seu trabalho bem, com os novos aprendizados, sugere algumas mudanças a fim de melhorar os resultados das suas tarefas.

Ao consultar o seu colega de trabalho sobre o que ele acha e também para o informar, uma vez que vocês formam uma equipe, a resposta é sempre negativa.

Suas ideias e sugestões nunca são bem-vindas. Nada é bom o suficiente

Tudo que te desestimula de crescer, ousar e pensar fora da caixa é sabotagem. Sempre vale a pena arriscar, principalmente com a devida sabedoria.

Só você é vulnerável 

Outro clássico de uma relação tóxica é quando apenas uma das partes é vulnerável, compartilha chateações da vida pessoal e demonstra insatisfação com aspectos do trabalho. Enquanto o outro parece estar sempre radiante: tem o casamento perfeito, filhos exemplares e está sempre com grana sobrando para a próxima viagem.

Absolutamente todos têm problemas, e quem vende uma ”vida de Instagram” no convívio da vida real claramente não está sendo transparente

Um colega de trabalho com nariz empinado gera no outro a sensação de inferioridade. Afinal, você, um ser humano de carne e osso, que lida com frustrações, pensa que está convivendo com alguém isento de erros.

Involuntariamente, você passa a achar que é pior e cai em todas as outras armadilhas citadas com maior facilidade, afinal, se o outro é tão bem resolvido, ele tem a palavra final.

Detectei que estou sendo sabotado. E agora?

Parabéns por ter conseguido perceber! Esta é a parte mais difícil.

Agora que você já tem este veredito, observe a rotina no trabalho com olhos mais críticos para poder contornar esta situação. Saiba se impor, reserve-se mais e principalmente, informe o RH e os seus superiores.

Esta conversa jamais deve ter o tom de fofoca, muito pelo contrário. Colete as evidências e explique o que está acontecendo na sua equipe. Uma boa forma de ganhar credibilidade é usar exemplos práticos de casos que tenham acontecido entre vocês.

Gostou das dicas? Curta a página da Conexa Saúde no Facebook para mais!

Texto: Manoela Caldas.

fale conoscoPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *