Subscribe Now

Trending News

Conheça as inovações na saúde
Telemedicina

Conheça as inovações na saúde

No contexto contemporâneo, com as mudanças no perfil da pirâmide demográfica e as características da doença populacional, se faz social e politicamente necessário os avanços cada vez maiores na tecnologia em saúde.

As inovações na saúde, tem como pilar a tecnologia social para ser instrumento de inclusão ao acesso e melhoria da qualidade de vida, visto que proporciona crescimento na eficiência técnica, aumento da produtividade, redução dos custos, tendo como característica o cuidado com a qualidade no atendimento. 

Muito se sabe da importância do tema, haja vista que o bem-estar está no topo de prioridades das pessoas, conhecido pela expressão popular: “quem tem saúde, tem tudo”. Sendo assim, é esperado a influência da tecnologia nessa área, para maior aprimoramento e assistência individual ao paciente.

Continue lendo e saiba mais sobre esse tema e como vem evoluindo década após década. 

Tecnologia nas inovações na saúde

O Ministério da Saúde, define a tecnologia na saúde como: novos medicamentos e vacinas, próteses, equipamentos, procedimentos técnicos, sistemas organizacionais, educacionais e de suporte como a comunicação instantânea, programas e protocolos assistenciais, por meio dos quais é prestado a atenção e os cuidados à população.

Desta forma, atua nos fatores condicionantes e determinantes do processo saúde-doença, contribuindo para o controle na incidência de doenças das  populações.

Com tantas transformações e evoluções constantes, é preciso adaptação e conhecimentos relativos ao funcionamento das novas tecnologias. Então, não perca as informações que daremos a seguir!

Inovação de produtos

Segundo o estudo na Universidade Estadual do Ceará, o Brasil tem sido pioneiro na fabricação de imunobiológicos, destacando-se pelo Programa Nacional de Imunizações.

As vacinas como a Tetravalente, Pentavalente, Febre amarela, modificaram a história da população. Atualmente têm pesquisas e atualizações constantes sobre a vacina contra a Dengue.

Além disso, outro artigo publicado no portal Common Health, em 2015, teve como grande destaque o tratamento de alguns câncer, por meio de imunoterapia.

A medicina tem sido transformada pela tecnologia, com tantos medicamentos biológicos, diagnósticos móveis, impressoras em 3D e na pesquisa.

Inovação em informação

Com o amplo acesso às informações e a utilização de tecnologias de última geração, propiciam aos usuários diagnósticos mais ágeis e capacidade de controlar a própria saúde com o autoconhecimento, mediante as campanhas educacionais para o público alvo.

Os wearables, são relógios/pulseiras com mecanismo de detecção inteligente, considerado uma grande inovação na área da saúde. São muito úteis aos pacientes com doenças crônicas, como diabetes mellitus (DM) e doenças cardiovasculares, que demandam um controle minucioso dos sinais vitais, através do monitoramento em tempo real dessa ferramenta.

Outra importante fonte de educação baseada em evidências, é a interface do usuário a partir de voz mediada por telefone (VUI), que proporciona bem-estar aos pacientes, uma vez que os mantém informados sobre seus tratamentos e dúvidas, depois que sai do hospital ou consultório.

Ainda, é capaz de avisar aos pacientes sobre suas consultas, exames e ajudar a prepará-los para qualquer procedimento médico, com o intuito de levar informações e maior tranquilidade, além de garantir que estejam em boa recuperação após cirurgia.

Portanto, acolhe o paciente fora do ambiente clínico, sendo capaz ajudar na promoção da saúde.

Inovação no cuidado ao paciente

De acordo com o artigo da Revista Brasileira de Educação médica, a inteligência artificial analisa os dados disponíveis em plataformas como o nascimento, mortalidade, hospitalizações, doenças de notificação compulsória, populações em risco e prontuários eletrônicos.

Também, busca indicar a prevalência e a evolução das enfermidades, pressupondo os surtos e indicando medidas preventivas e terapêuticas.

Por isso, pacientes portadores de doenças crônicas podem ser inseridos no programa para auxiliar no controle da patologia e assim ter resultado positivos no desfecho clínico.

Essa ferramenta que traz inovações na saúde, reduz custos para o sistema, evita reinternações e otimiza o tempo dos médicos assistentes, o que não o substitui.

Inovação no sistema de saúde

Pouco se sabe, mas no Brasil já existem plataformas conectando os médicos especialistas com pacientes por meio de tecnologia de ponta. Com isso, há a garantia de acesso a diversos especialistas sem sair de casa e auxilia um médico a se comunicar com outros profissionais, para trocar conhecimentos sobre determinado diagnóstico.

Uma forma de gestão estratégica que vem sendo implementada e permite a organização de dados e informações é o prontuário eletrônico do paciente, um instrumento que tem como objetivo agilizar o atendimento, economizar custos e tempo, comunicação mais rápida, mediante o compartilhamento de dados sobre determinado paciente, a fim de prestar uma assistência ideal e individual.

Portanto, implantar uma forma mais eficiente de gestão, que otimize o preenchimento de papéis e facilite o atendimento, tendo como preocupação a humanização, é a proposta para as novas tecnologias nos próximos anos. 

Levando-se em consideração todos esses aspectos, é necessário o incentivo às práticas facilitadoras da inovação e tecnologia para o setor da saúde, com o objetivo de minimizar os problemas e transformar o atual cenário.

Agora que você já entendeu quais são as perspectivas do futuro, com a promessa de inovações na saúde, não deixe de ler também nosso post sobre o Futuro da medicina e conheça mais sobre a Telemedicina.

Texto: Lyz Tavares

fale conoscoPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *