coronavirus perguntas e respostas coronavirus perguntas e respostas

Coronavírus: confira as últimas perguntas sobre o tema!

5 minutos para ler

No artigo de hoje, queremos esclarecer algumas dúvidas sobre o Coronavírus.

Confira as respostas que estão no nosso canal Pergunte ao Médico e não entre em pânico! Tire suas dúvidas sobre a pandemia.

1. Contato direto

 “Estive em contato direto com um portador de Corona Vírus. Estou aguardando os sintomas intensificarem. Sinto calafrios , espirro e coriza.Devo aguardar ter febre para um atendimento?Estou em quarentena. Não vou ao hospital com medo de transmitir a outras pessoas. O que faço?

Os sintomas  mais comuns do Covid-19 é de febre associado a tosse,  falta de ar, coriza ou dor de garganta. Seus sintomas atuais são inespecíficos e podem estar relacionados a diversas doenças.

Sendo assim, é importante saber se houve contato com alguém com confirmação da infecção por Covid-19, ou com retorno de viagem de fora do Brasil, ou se você mesmo está retornando de viagem. No entanto, os estados do Rio de Janeiro e São Paulo já possuem casos de infecção comunitária, ou seja, quando não podemos mais identificar com precisão a relação da infecção com viagens ou pessoas que viajaram.

É recomendado que pessoas com os sintomas  suspeitos realizem medidas preventivas como: Evitar aglomerações  e o transporte público, lavar as mãos com maior frequência e durante pelo menos 20 segundo, ao tossir sempre cobrir o rosto, monitorizar os sintomas  principalmente a febre e evitar ter contato próximo com outras pessoas, principalmente idosos e pessoas com outras doenças sistêmicas.

É importante entrar em contato com seu médico para avaliar a necessidade de uma  consulta presencial para melhor esclarecimento da sintomatologia, um exame físico detalhado e exames laboratoriais,  se necessário. Em caso de piora dos sintomas ou surgimento de algum dos sintomas de risco, orienta-se que procure uma unidade de saúde de emergência.

2. É um resfriado comum?

“Bom dia. Estou com a garganta um pouco irritada, coriza só liquida, espirrando as vezes e a noite tive um pouco de tosse. Gostaria de saber se posso ir trabalhar assim ou não. É melhor evitar sair de casa? Pode ser um resfriado comum ou o coronavirus?”

Os sintomas  mais comuns do Covid-19 é de febre associado a tosse,  falta de ar, coriza ou dor de garganta. Seus sintomas atualmente são inespecíficos e  podem estar relacionados a diversas doenças.

Sendo assim, é fundamental tomar medidas de proteção individual e comunitário para diminuição da propagação da doença. É recomendado que pessoas com os sintomas  suspeitos realizem medidas preventivas como: Evitar aglomerações e o transporte público, lavar as mãos com maior frequência e durante pelo menos 20 segundo, ao tossir sempre cobrir o rosto, monitorizar os sintomas  principalmente a febre e evitar ter contato próximo com outras pessoas.

Dessa forma, é  importante entrar em contato com um médico para avaliar a necessidade de uma consulta presencial,  realização de exames complementares e orientar quanto a possibilidades de não comparecimento ao trabalho  e suas medidas legais para isso.

3. Podem ser sintomas?

Bom dia, estou desde ontem a noite com sintomas de febre (chegou a 38°) e diarreia, com um pouco de desconforto no estomago. Gostaria de saber se isso podem ser sintomas do novo coronavírus. Eu não apresentei nenhum outro sintoma relacionado, nem tosse, nem dor de garganta, coriza. Somente a febre e a diarreia. Obrigado.

Os sintomas  mais comuns do Covid-19 é de febre associado a tosse,  falta de ar, coriza ou dor de garganta. Seus sintomas atualmente são inespecíficos e  podem estar relacionados a diversas doenças. 

É fundamental tomar medidas de proteção individual e comunitário para diminuição da propagação da doença. É recomendado que pessoas com os sintomas  suspeitos realizem medidas preventivas como: Evitar aglomerações e o transporte público, lavar as mãos com maior frequência e durante pelo menos 20 segundo, ao tossir sempre cobrir o rosto, monitorizar os sintomas  principalmente a febre e evitar ter contato próximo com outras pessoas.

Dessa forma, seus sintomas não são específicos da nova infecção pelo coronavírus, sendo importante  a realização das medidas preventivas e procura de novas informações médicas em caso de surgimento dos sintomas suspeitos.

4. Sintomas suspeitos

“Boa Noite, Por favor estou (acho) que resfriada. Com leve coriza, dor no corpo e cansaço. Como tenho enfisema e aspiro o Alinea e o Spiriva, estou sem tosse, mas qualquer esforço fico com um pouco de falta de ar. Não tenho termômetro mas não me sinto com febre. É mesmo só um resfriado. Estou ficando em casa”. 

É recomendado que pessoas com os sintomas suspeitos realizem medidas preventivas como: Evitar aglomerações  e o transporte público, lavar as mãos com maior frequência e durante pelo menos 20 segundo, ao tossir sempre cobrir o rosto, monitorizar os sintomas  principalmente a febre e evitar ter contato próximo com outras pessoas, principalmente idosos e pessoas com outras doenças sistêmicas.

É importante entrar em contato com seu médico para avaliar a necessidade de uma  consulta presencial para melhor esclarecimento da sintomatologia, um exame físico detalhado e exames laboratoriais,  se necessário. Em caso de piora dos sintomas ou surgimento de algum dos sintomas de risco, orienta-se que procure uma unidade de saúde de emergência. 

Se você tiver alguma dúvida, pergunte ao médico!

Posts relacionados

Deixe um comentário