doencas o seculo doencas o seculo

Como as doenças do século 21 podem prejudicar seus colaboradores?

5 minutos para ler

Nos últimos anos, a sociedade tem passado por intensas transformações sociais, oriundas do avanço da tecnologia, das novas formas de se comunicar e da globalização. Com isso, as formas de trabalho também mudaram, aumentando a produtividade e, consequentemente, o lucro.

Entretanto, todas essas mudanças também trouxeram alguns impactos negativos. Essas consequências podem ser sentidas por conta do aumento da quantidade de pessoas com as chamadas doenças do século 21.

Mas o que são essas doenças, como elas acontecem e como fazer para evitá-las? Ao longo deste artigo, vamos responder essas questões e citar quais são os principais males que têm afetado a população da atualidade. Vamos lá?

Como a rotina pode provocar doenças?

O modo de vida adotado pela sociedade contemporânea é o principal responsável pelo surgimento das chamadas doenças do século 21. Isso porque, com as facilidades obtidas na rotina, o ser humano passou a se esforçar cada vez menos, chegando até o sedentarismo, que, aliado a uma alimentação desregrada, à base de fast-food, é responsável pelo surgimento de diversos problemas de saúde, como a obesidade e patologias cardiovasculares.

Além do sedentarismo, o estresse causado pelo excesso de expectativas sociais, aliado ao trabalho desgastante e ao excesso de preocupação com o futuro, também é o responsável por uma série de doenças, físicas e mentais.

Quais são as principais doenças do século 21?

A seguir, confira as principais doenças do século 21 causadas pelo estresse e excesso de trabalho.

Obesidade

Devido à rapidez exigida pela vida moderna, todas as pessoas querem que tudo aconteça muito rápido e, por isso, sempre preferem andar de carro a caminhar, comprar comida pronta em vez de cozinhar ou qualquer coisa que minimize o esforço feito para conseguir algo.

Com a falta de atividade física e uma alimentação desequilibrada, o risco de obesidade aumenta — e o pior é que ela pode ser tão nociva para a saúde quanto o cigarro, por exemplo.

Trombose

A trombose é causada pela formação de coágulos que entopem as veias, podendo migrar para o pulmão e até ser fatal. Uma das principais causas dessa doença é a interrupção do fluxo sanguíneo devido a longos períodos de imobilidade, como fazer viagens longas de avião ou ficar muito tempo sentado trabalhando.

Transtorno de ansiedade

A ansiedade é causada, principalmente, pela preocupação em excesso totalmente desproporcional ao motivo. Isso pode ser percebido quando a pessoa está muito nervosa, com dificuldades para relaxar, faz muita autocobrança e se sente pressionada pelos compromissos.

Sentir-se ansioso na véspera de uma prova ou para resolver um problema na empresa é normal. Entretanto, se essa preocupação passa a prejudicar a sua saúde, causando sintomas físicos, é sinal de que é preciso procurar ajuda médica.

Transtornos ocupacionais

Os transtornos ocupacionais são problemas ou doenças que surgem a partir de condições de trabalho desgastantes. Dois dos principais casos desses transtornos são a LER e a Síndrome de Burnout.

A LER, ou lesão por esforço repetitivo, é um transtorno causado pelo trabalho por conta de movimentos repetitivos feitos por muitas horas, como dirigir ou digitar. Já a Síndrome de Burnout é conhecida como o transtorno causado pelo esgotamento mental do trabalhador, devido ao estresse e excesso de cobrança.

Como é possível evitá-las?

As doenças causadas pelo modo de vida e de trabalho das pessoas podem causar prejuízos para uma organização, uma vez que esse funcionário vai precisar se ausentar para fazer um tratamento ou, até mesmo, deixar de vez o trabalho, prejudicando o quadro de pessoal.

Algumas formas de prevenir esses problemas no ambiente organizacional são:

  • estimular a prática de atividades físicas;
  • informar sobre a importância da alimentação saudável;
  • criar pequenos momentos de relaxamento e alongamento durante o expediente;
  • estimular que os colaboradores meditem e façam coisas que possam reduzir o estresse;
  • incentivar a realização de exames preventivos.

A partir da adoção dessas medidas, os funcionários poderão ter a oportunidade de viver uma vida mais saudável, o que diminuirá as chances de apresentarem qualquer uma dessas doenças do século 21 — e, eventualmente, resultará em colaboradores mais satisfeitos e saudáveis para o trabalho.

Telepsicologia como aliada

Ainda nas formas de evitar ou tratar tais doenças, entra a telepsicologia. Trata-se da prestação de serviços psicológicos via áudio ou vídeo cujo objetivo é romper as barreiras geográficas que muitas vezes impedem que pessoas busquem ajuda profissional.

O ideal é manter um acompanhamento contínuo com um(a) psicólogo(a). Mas para situações de extrema gravidade, existe um serviço público de prevenção ao suicídio que é a linha telefônica 188, do centro de valorização à vida.

O apoio emocional via áudio é nada menos do que telepsicologia e salva muitas vidas. 

Você já conhecia as doenças citadas no artigo de hoje? Quer ter acesso a outros conteúdos como este? Então, siga nosso Facebook e nosso LinkedIn para acompanhar as novidades!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Um comentário em “Como as doenças do século 21 podem prejudicar seus colaboradores?

Deixe um comentário