Subscribe Now

Trending News

Especial Saúde da Mulher | Câncer de colo de útero
Bem Estar

Especial Saúde da Mulher | Câncer de colo de útero

Dia 30 de abril é comemorado o Dia Internacional da Mulher! Por isso, iremos abordar nos próximos artigos, assuntos importantes para a conscientização das mulheres em relação a própria saúde. O primeiro tema a ser abordado será o câncer de colo de útero. Você sabia que esse é o terceiro tumor maligno mais comum nas mulheres brasileiras?
Mas, hábitos simples podem ser muito eficazes para a sua prevenção. Então, continue a leitura para saber mais sobre essa doença.

Afinal, o que é essa doença?

Em primeiro lugar, é preciso saber que o colo do útero está localizado no final da vagina, ou seja, entre órgãos externos e internos. Por ter essa localização, acaba ficando mais exposto ao risco de contrair doenças.

Também é preciso saber que o câncer de colo de útero é causado por uma infecção persistente por alguns tipos do Papilomavírus Humano, sendo conhecido popularmente como HPV.

A infecção genital por esse vírus é muito frequente e não causa doença na maioria das vezes. Entretanto, em alguns casos, ocorrem alterações celulares que podem evoluir para o câncer. 
São alterações que podem ser facilmente descobertas em exames preventivos, como Papanicolau.

Esteja atento

A doença é silenciosa no início, então, sinais e sintomas como sangramento vaginal, corrimento e dor aparecem em fases mais avançadas da doença.

Quando descoberto precocemente, tem alta taxa de cura. Por isso, é importante a realização periódica do Papanicolau.

Detecção precoce

A detecção pode ser feita através da investigação com exames clínicos, laboratoriais ou radiológicos. O diagnóstico precoce é realizado em pessoas com sinais e sintomas sugestivos da doença. Já o uso de exames periódicos é realizado em pessoas sem sinais ou sintomas (rastreamento), mas pertencentes a grupos com maior chance de ter a doença.

Além disso, existe uma fase pré-clínica (sem sintomas) do câncer do colo do útero, em que a detecção de lesões precursoras (que antecedem o aparecimento da doença) pode ser feita através do exame preventivo (Papanicolaou).

Fatores de risco

Existem alguns fatores de risco que facilitam a infecção persistente pelo vírus do Papiloma Humano, conhecido popularmente como HPV, por exemplo: início precoce da atividade sexual, múltiplos parceiros, tabagismo, uso prolongado de pílulas anticoncepcionais e má higiene.

Sintomas

Na maioria dos casos, o câncer de útero tem desenvolvimento lento e pode não apresentar sintomas na fase inicial. As manifestações surgem em casos mais avançados e as mais comuns são: sangramento vaginal intermitente, sangramento após relação sexual, corrimento vaginal anormal, dor abdominal e queixas urinárias e intestinais.

Diagnóstico

A consulta ao ginecologista deve ser feita de forma preventiva e ao sinal de qualquer um dos sintomas. Com isso, o diagnóstico é obtido por meio dos seguintes exames: exame pélvico e histórico clínico, exame preventivo, colposcopia e biópsia.

Exame Preventivo

Agora, iremos explicar melhor sobre o exame preventivo do câncer de colo de útero (Papanicolau). Este é um exame indolor, simples e rápido, podendo, no máximo, causar um pequeno desconforto.

O exame é a principal estratégia para detectar lesões precursoras e diagnosticar precocemente a doença. Pode ser feito em postos ou unidades de saúde da rede pública que tenham profissionais capacitados.

Através da realização periódica, a ocorrência e a mortalidade pela doença tem seu número reduzido.Para garantir um resultado correto, a mulher não deve ter relações sexuais (mesmo com camisinha) no dia anterior ao exame; evitar também o uso de duchas, medicamentos vaginais e anticoncepcionais locais nas 48 horas anteriores à realização do exame.

É importante também que não esteja menstruada, porque a presença de sangue pode alterar o resultado. Mulheres grávidas também podem se submeter ao exame, sem prejuízo para sua saúde ou a do bebê.

É possível prevenir o câncer de colo de útero?

A prevenção contra o câncer de colo de útero está diretamente relacionada à diminuição do risco de contágio pelo HPV. Por isso, é possível se prevenir de forma efetiva com as seguintes ações:

Vacina

A vacina tetravalente contra o HPV, oferecida para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos gratuitamente pelo governo, protege contra os tipos 6, 11, 16 e 18 do HPV. A imunização ocorre em três doses e também pode ser encontrada em clínicas particulares e centros médicos.

Exame preventivo

Mesmo as mulheres vacinadas devem fazer o exame preventivo Papanicolau periodicamente a partir dos 25 anos, pois a vacina não protege contra todos os tipos oncogênicos do HPV.

O exame é capaz de detectar lesões na área acometida pela infecção precocemente, antes mesmo de apresentar sintomas. Por esse motivo é tão importante e deve ser feito anualmente.

Preservativo

O contágio pelo HPV pode ser evitado parcialmente por meio do uso de preservativo, sendo camisinha feminina ou masculina. Contudo, o contato com a pele da vulva, região perineal, perianal e bolsa escrotal também podem transmitir a infecção.

Não tabagismo

A doença está diretamente relacionada à quantidade de cigarros fumados, portanto, o ato de não fumar previne efetivamente não só o câncer de colo de útero, mas outros tipos de câncer também.

Por fim, a prevenção é sempre o melhor caminho. Ao perceber ou sentir qualquer alteração ou sintoma, procure um profissional da área o mais breve possível. Compartilhe esse conteúdo com outras pessoas para ampliar a conscientização a respeito do assunto.

Fontes

Instituto Nacional de Câncer. Câncer de colo de útero. Disponível em: www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-do-colo-do-utero

Biblioteca Virtual em Saúde. Câncer de colo de útero. Disponível em: bvsms.saude.gov.br/dicas-em-saude/990-cancer-do-colo-de-utero

American Cancer Society. Cervical Cancer. Disponível em: www.cancer.org/cancer/cervical-cancer.html

https://www.ativosaude.com/saude-da-mulher/cancer-de-colo-de-utero/

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
fale conoscoPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *