Subscribe Now

Trending News

Especial Telemedicina| Leite Materno
Bem Estar

Especial Telemedicina| Leite Materno

O leite materno é perfeito para o bebê e um alimento único. Ele é a fonte ideal de nutrientes para que seu bebê cresça e se desenvolva mais forte e mais saudável. Ele é de fácil digestão, protege contra doenças, e reduz a chance de sue filho desenvolver alergias.

Além disso, o leite materno auxilia no desenvolvimento do sistema nervoso central, proporcionando maior desenvolvimento neurológico, psicológico, motor e da inteligência.

Então, continue a leitura para entender nesse Especial Telemedicina, como o leite materno acaba sendo um carinho a mais para o seu bebê.

A importância de uma alimentação variada

Como se sabe, é muito importante que você tenha uma alimentação variada, incluindo leite e seus derivados, verduras, legumes, carnes e frutas. Dessa forma, beba líquidos em abundância. Assim sendo, se você estiver bem nutrida e hidratada estará dando uma ótima contribuição para a sua produção de leite.

Pense na amamentação como um momento de conhecimento, intimidade e vínculo entre vocês, uma maneira de você estar mais próxima de seu bebê. O sucesso da amamentação depende de você, da sua saúde, tranqüilidade, desejo e do apoio que recebe.

A produção de leite é pequena inicialmente e aumenta gradativamente.

Durante 3 a 4 dias após o nascimento do bebê, seu corpo produz um leite amarelado chamado colostro. Este leite é muito importante para o seu bebê, pois ele é rico em nutrientes e anticorpos que ajudam no combate às infecções.

Entre 2 a 5 dias após o parto ocorre a apojadura: suas mamas ficarão cheias de um leite mais claro e rico em gordura; sua produção de leite irá aumentar e seu bebê ficará mais satisfeito.

Cada bebê tem seu ritmo

Amamente sempre em um ambiente tranqüilo e em uma posição confortável tanto para você quanto para o seu bebê.

Cada bebê tem um ritmo de mamadas. Por isso, a amamentação deve ser feita por livre demanda, ou seja, seu bebê pode mamar quantas vezes desejar e pelo tempo que quiser. A maioria dos bebês mama durante 30 a 40 minutos.

Em cada mamada ofereça uma mama e depois a outra, se o bebê aceitar. Na mamada seguinte, inicie o aleitamento pela mama que foi oferecida por último.

Além disso, não se esqueça de usar sempre o sutiã. Ele é importante para a sustentação das mamas e bom posicionamento dos ductos, auxiliando a amamentação.

Cuide bem das suas mamas, prevenindo o aparecimento de fissuras

Tome sol nas mamas antes das 9 horas da manhã durante 15 minutos.

Também procure manter seus mamilos sempre secos para evitar irritações. Se você usar um protetor de seios, lembre-se de trocá-los sempre que estiverem úmidos.

O banho diário é suficiente

Não é necessário limpar as mamas antes e após as mamadas. O banho diário é suficiente. No final da mamada você deve passar seu próprio leite sobre o mamilo e aréola, deixando secar ao ar livre.

Uma pega adequada é fundamental para uma boa sucção e prevenção de fissuras. O bebê deve abocanhar o mamilo e a auréola na hora de sugar.

Sempre que possível permita que seu filho solte a mama espontaneamente.

A amamentação estimula seu útero a voltar ao normal e ajuda você a retornar ao seu peso mais rapidamente.

Um abraço,

Mônica Rodrigues.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
fale conoscoPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *