Uma das principais questões com as quais as empresas precisam lidar atualmente é a ausência em demasia de funcionários por motivo de doença. A ocorrência desse tipo de situação é mais comum do que se pensa — independentemente do porte ou do segmento da organização. Por isso, é importante saber como agir diante do excesso de atestado médico no ambiente organizacional, com auxílio da medicina corporativa.

Isso porque são os colaboradores que contribuem para o crescimento do negócio como um todo. Assim, quando um profissional não comparece ao trabalho, as empresas precisam encontrar maneiras de manter sua função em vigor normalmente, pois, caso contrário, as operações da corporação podem ser prejudicadas e, consequentemente, seus resultados serão comprometidos.

Ficou interessado no assunto? Então, continue a leitura e confira como lidar com o excesso de atestado médico em sua empresa.

O que a legislação diz sobre o atestado médico?

Apesar de a grande parte das empresas reprovar o excesso de faltas ao trabalho — mesmo quando justificadas por motivo de saúde e comprovadas por meio da apresentação de atestado médico —, o fato é que esse recurso é considerado um instrumento jurídico.

Isso significa que o empregador pode recusar o documento e descontar o dia do salário do colaborador apenas se conseguir comprovar, por meio de uma junta médica, que o profissional está apto ao trabalho, afinal, o atestado médico é um direito do funcionário.

Como funciona o uso de atestado médico nas organizações?

O atestado médico é um documento que tem a função de justificar e abonar a ausência de um colaborador no trabalho, seja por motivo de doença, seja pelo comparecimento a uma consulta clínica. Dessa forma, ele fica livre de sofrer qualquer tipo de penalidade, como advertência, suspensão, desconto no salário ou demissão por justa causa.

Embora a legislação não determine um prazo para que o funcionário apresente o atestado, a empresa pode estabelecer normas quanto a essa entrega — em geral, é solicitado que seja realizada em até 48 horas.

Qual a melhor maneira de gerenciar e armazenar os atestados médicos?

Para as organizações, o gerenciamento e arquivamento dos documentos é um processo fundamental, pois, em caso de fiscalização ou comprovação diante da Justiça, elas terão como provar as informações solicitadas.

Além disso, com esse controle, é possível acompanhar o desempenho de cada funcionário e identificar se algum deles está apresentando excesso de atestado médico.

Entre as opções de armazenamento, a digitalização da papelada é o recurso mais eficiente, afinal, a alternativa reduz o risco de perda e, ainda, otimiza o tempo e aumenta a produtividade.

O que fazer quando um funcionário apresenta excesso de atestado médico?

Como mencionado, a apresentação de um grande número de atestados prejudica a empresa como um todo, pois, tanto o seu desempenho quanto o andamento dos processos ficam comprometidos. Nesse contexto, é importante que a organização elabore estratégias eficientes para lidar com essa situação.

Uma boa solução é ter uma conversa franca com o colaborador para tentar resolver a circunstância. Dessa forma, a empresa deve procurar entender o que está acontecendo e se colocar à disposição para ajudá-lo no que for preciso.

Além disso, por meio desse diálogo, será possível identificar se o funcionário realmente está com algum problema de saúde ou se a intenção dele é ser demitido por causa desse comportamento.

Como diminuir o excesso de atestado médico?

O excesso no uso de atestados médicos internamente pode trazer problemas para a empresa de modo geral. Além disso, representa um indicativo de que algo não está bem entre seus colaboradores, sendo um importante sinalizador sobre a saúde deles. Quanto mais eles se afastam, mais são necessários cuidados com eles.

Para isso, é importante adotar medidas para diminuir esse excesso. Vamos mostrar algumas dicas a seguir.

Adote a medicina corporativa

A medicina corporativa cumpre um papel fundamental para a proteção da saúde dos seus colaboradores, tanto no que compete à execução de atividades internas quanto no que se refere a uma melhor qualidade de vida em geral.

Ela deve ser implementada, até mesmo, em atividades nas quais não haja uma exposição a riscos elevados. Até mesmo quando ocorre apenas o trabalho em escritório, há questões que podem repercutir nisso (lesões por esforços repetitivos, problemas na coluna, tensões articulares, entre outros), além de questões de saúde mental (excesso de pressão, síndrome de Burnout, esgotamento etc.).

Implemente programas de saúde

Se a sua empresa atua de forma ativa na prevenção à saúde, a tendência é de que seus colaboradores fiquem mais saudáveis ao longo do tempo e, assim, de que seja reduzida a necessidade do uso de atestados médicos.

Para isso, você pode seguir algumas medidas, tais como:

  • avalie a possibilidade de fornecer planos de saúde de qualidade para seus colaboradores;
  • faça um planejamento bem definido;
  • realize ciclos de palestras sobre temas de saúde;
  • faça abordagens individuais para mensurar a atual saúde e quais medidas a empresa pode tomar para protegê-la de forma individual (por exemplo, para aqueles que sofrem de problemas de hérnia de disco, é possível oferecer cadeiras mais confortáveis para minimizar dores), entre outros.

Invista em ações de endomarketing

O endomarketing pode ser utilizado a favor da promoção de uma melhor saúde nas empresas. Newsletters periódicas, murais, mensagens na intranet, entre outros, podem ser utilizados para enviar dicas e medidas importantes que auxiliem no dia a dia dos funcionários.

É possível, por exemplo, programar-se para enviar mensagens ao longo do dia que lembrem a importância do alongamento para evitar dores que podem comprometer a produtividade laboral e a qualidade de vida da pessoa.

Realize uma ginástica laboral

A ginástica laboral diz respeito a uma série de práticas de atividades físicas no ambiente de trabalho, com o objetivo de fortalecer partes do corpo que atuam na execução das atividades, alongar músculos e articulações e incentivar os exercícios como uma forma de promover saúde e bem-estar.

Ela traz uma série de benefícios, tais como:

Ela pode ser implementada como um incentivo diário ou, até mesmo, como parte da rotina de trabalho, levando a uma espécie de compromisso cotidiano, com horário para acontecer.

Implemente benefícios de incentivo à saúde

Outra alternativa importante, além da adoção das medidas que citamos anteriormente, é criar mecanismos para que seus colaboradores continuem cuidando da saúde, mesmo fora do ambiente de trabalho.

Afinal, sua empresa pode tomar todas as medidas necessárias e, ainda assim, continuar com o índice elevado de uso de atestados médicos. Isso pode ocorrer em razão de hábitos de vida não saudáveis na rotina. Por exemplo, uma alimentação incorreta no dia a dia da pessoa pode prejudicar todos os cuidados gerados dentro da empresa.

Por isso, é importante que você forneça formas de estender esses cuidados para a vida pessoal do seu funcionário. Algumas medidas importantes a serem implementadas são:

  • ofereça um bom plano de saúde;
  • ofereça benefícios e descontos em academias e centros de práticas esportivas da região;
  • faça parcerias com eventos de promoção à saúde em sua região;
  • faça parcerias com profissionais de saúde para conceder descontos para seus colaboradores (principalmente cardiologistas, endocrinologistas, nutricionistas, psicólogos, psiquiatras, entre outros).

Como você pôde ver, embora o atestado médico seja um direito do colaborador, é possível reduzir o índice de documentos emitidos com estratégias importantes, como a realização de campanhas laborais e o incentivo ao cuidado com a própria saúde — assim, a empresa diminui o excesso de atestado médico e, ainda, investe no bem-estar de seus funcionários, por meio da medicina corporativa.

Para isso, é importante contar com soluções que auxiliem na integração entre os colaboradores da empresa. A Conexa Saúde permite essa conexão entre esses membros, humanizando o atendimento médico e garantindo uma melhor saúde para os seus funcionários. Entre em contato e converse com um de nossos consultores sobre o tema.

fale conoscoPowered by Rock Convert