O capital humano é, sem dúvidas, um dos maiores bens de qualquer empresa. Não basta somente ter um bom produto, bons fornecedores e bom preço de mercado. Para que a organização realmente cresça e tenha sucesso, é preciso que seu departamento de recursos humanos invista em operações estratégicas para gerenciar os colaboradores.

Uma dessas estratégias mais eficientes é a chamada Gestão de Desempenho, que significa, basicamente, relacionar produtividade x dedicação do funcionário.

Neste artigo, explicaremos mais detalhadamente o significado da estratégia, sua importância para o crescimento das empresas e as melhores práticas para aplicá-la!

Ficou curioso? Então, continue a leitura!

Vamos lá?

O que é Gestão de Desempenho, afinal de contas?

A gestão de desempenho é uma estratégia que tem o objetivo de fomentar um ambiente de trabalho que propicia o aproveitamento das habilidades dos funcionários, potencializando seus pontos positivos e minimizando seus pontos negativos. Muita gente confunde Gestão de Desempenho com aquela avaliação anual em que cada funcionário recebe uma nota por determinada questão relacionada às suas atividades. No entanto, ela vai muito além disso!

Um de seus principais objetivos é transformar os problemas da rotina de trabalho em oportunidades de aprendizado, sendo algo muito mais dinâmico e eficiente. As decisões são tomadas com muito mais agilidade, pois o funcionário aprende a agir em vez de reagir.

Assim, ela facilita muito que os gestores definam objetivos precisos para cada um dos funcionários e oferece as ferramentas necessárias para que eles alcancem esses objetivos, otimizando custos e aumentando o lucro da empresa.

Funções do departamento de Recursos Humanos e dos colaboradores

Para que a Gestão de Desempenho funcione plenamente, tanto o RH quanto o trabalhador têm responsabilidades e funções a serem cumpridas. Fica a cargo do RH, por exemplo, a definição de funções de cada um dos profissionais, a determinação de objetivos com clareza e transparência, o oferecimento de auxílio e feedback aos trabalhadores, além de treinamento e capacitação.

Já os profissionais precisam se esforçar para entender as metas e as expectativas da empresa, bem como oferecer comprovação de que essas expectativas foram atendidas, além de trabalhar na correção de suas falhas e em sua própria capacitação para vencer obstáculos.

Para que serve a Gestão de Desempenho?

Um dos objetivos mais proeminentes da Gestão de Desempenho é atrelar a produtividade e desempenho do profissional aos resultados obtidos, “premiando” aqueles que cumpriram todos os requisitos com remunerações extras.

Dessa forma, o trabalhador certamente ficará muito mais motivado a obter mais e mais resultados, trazendo lucro para a empresa e retendo os melhores talentos.

Como fazer para que a aplicação da Gestão de Desempenho seja feita de maneira correta?

Diversas ações podem ser adotadas para que a Gestão de Desempenho seja aplicada corretamente. Dentre elas, podemos destacar a motivação dos gestores, a definição clara de objetivos, o engajamento dos profissionais desde o início, o treinamento e capacitação de todos os envolvidos, o registro de métricas e a adoção de softwares para a automatização de processos.

Como visto, a Gestão de Desempenho pode ser uma ótima estratégia para valorizar os colaboradores, mantê-los motivados, produtivos e desejando uma carreira de sucesso dentro da empresa.

E então, gostou do artigo? Aproveite e siga nosso perfil nas redes sociais para ficar por dentro dos melhores conteúdos sobre este assunto!

Powered by Rock Convert