gestão de rh gestão de rh

Bem-estar é tendência na gestão de RH

4 minutos para ler

As tendências do setor de Recursos Humanos são traçadas a partir de renovações, conceitos e ações que se destacaram nas corporações. Uma boa equipe de RH deve sempre se manter antenada.

Apesar de surgirem novas tendências a cada ano, existem conceitos que não apenas perduram, como também ditam outros caminhos. O bem-estar é um deles.

Para ficar por dentro dessa grande tendência que veio para ficar na gestão de RH, continue lendo o artigo!

Afinal, o que é bem-estar?

De acordo com a Constituição de 1946 da Organização Mundial da Saúde (OMS), “A saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não consiste apenas na ausência de doença ou de enfermidade”. E a saúde mental é definida como “um estado de bem-estar no qual um indivíduo percebe suas próprias habilidades, pode lidar com os estresses cotidianos, pode trabalhar produtivamente e é capaz de contribuir para sua comunidade”.

Ou seja, bem-estar é um termo guarda-chuva usado para falar de saúde em todos os seus aspectos. E como o assunto é gestão de RH, estamos tratando do bem-estar dos colaboradores da empresa.

O bem-estar dos colaboradores deve estar na essência, ser um pilar da cultura organizacional da empresa.

Medindo a saúde organizacional da empresa

É interessante que o time de RH meça o nível da saúde organizacional para entender a dimensão dos desafios que estão por vir, e diagnosticar mais precisamente as áreas que precisam de ajustes.

Isso pode ser feito através de pesquisas e questionários com metodologia qualitativa e quantitativa. É de extrema importância que tais procedimentos garantam total anonimidade.

Implementar uma cultura do feedback também vale ouro. E isso vale para todas as etapas, desde o recrutamento até a demissão. Uma boa comunicação entre os gestores e a equipe permite que as possíveis tensões que possam surgir sejam mais facilmente mapeadas e solucionadas por todas as partes.

Como promover o bem-estar dos colaboradores?

A saúde do colaborador é a saúde da empresa. Uma boa gestão de RH sabe disso e deve se centrar ao redor do bem-estar, promovendo, assim, uma série de ações e medidas que tenham promoção da saúde como objetivo.

A estratégia é extremamente inteligente por beneficiar ambos os lados. De um, a empresa ganha com o aumento da produtividade e reputação. De outro, o colaborador se sente valorizado e tem vontade de permanecer  no time.

Existem várias possibilidades de atos que promovem o bem-estar dos colaboradores. Listamos algumas ideias:

  • Ginástica laboral;
  • Modernizar o ambiente de trabalho;
  • Eventos de saúde (exemplo: corrida, aula de yoga);
  • Flexibilidade de horários e dress code;
  • Mobiliário adequado para evitar doenças ocupacionais.

Quais são as principais tendências atuais?

Aqui vamos destacar duas das principais tendências.

Primeiramente, temos os benefícios corporativos. Foi-se o tempo em que apenas vale-refeição e vale-transporte eram o suficiente. Além dos benefícios obrigatórios segundo as leis trabalhistas, adicionais como o vale-cultura (livrarias, cinema, teatro, museus), auxílio-creche e cartão-academia têm feito sucesso entre as corporações.

O outro destaque é o conceito chamado de experiência do colaborador. A ideia é que a experiência do cliente começa primeiro com a do colaborador. O conceito propõe que as empresas promovam experiências aos colaboradores para que eles possam ser mais satisfeitos onde trabalham, e consequentemente, produzam melhor.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Siga o perfil da Conexa Saúde no Instagram para ficar sempre por dentro dos conteúdos!

Texto: Manoela Caldas.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário