indicadores de desempenho na área da saúde indicadores de desempenho na área da saúde

KPIs para médicos: conheça 4 indicadores de desempenho na área da saúde

4 minutos para ler

Para quem gerencia um consultório ou clinica, é importante saber analisar o desempenho e comparar os resultados da empresa. A melhor forma de fazer isso é por meio dos indicadores de desempenho da área de saúde, eles podem apontar quais melhorias devem ser feitas e quais práticas estão obtendo resultados positivos. 

Os KPI’s, ou indicadores de desempenho, são medidores de performance por meio de alguns parâmetros específicos, que variam de acordo com a empresa ou o setor. Quando bem feitos, eles podem identificar necessidade de melhorias ou a manutenção de algum aspecto — na área de saúde eles estão mais focados no cliente e no atendimento.

Confira a seguir quais são os principais indicadores de desempenho na área da saúde e como eles podem melhorar os seus resultados.

1. Retorno e absenteísmo de pacientes

Um dos indicativos mais importantes é a taxa de retorno e absenteísmo de pacientes. Ela mostra em números quantos pacientes cancelaram a consulta, quantos fizeram o retorno e quantos nunca voltaram. Esse índice costuma demonstrar, de certa forma, a necessidade de mudanças.

Uma forma de evitar uma fuga de clientes, é investir em treinamentos, aprimorar a estrutura física, reduzir o tempo de espera na recepção e agilizar a emissão de laudos. A inteligência artificial é uma boa aliada nesses momentos, ela pode ajudar a identificar os pontos de melhoria de forma simples.

2. Índice de novos pacientes

Existem diversas formas de obter novos pacientes, pode ser por estratégias de marketing, indicação, associação com outras empresas e consórcios, entre outros. Registre o fluxo de novos pacientes e compare com campanhas de captação, veja em qual momento há uma resposta mais satisfatória e entenda qual o perfil de seus clientes, assim será possível direcionar seus esforços na melhor estratégia.

3. Custos

Ter uma empresa pode significar muitos custos: de pessoal, espaço físico, manutenção, equipamentos, isso sem contar os impostos e outras taxas. Para que não tenha uma surpresa desagradável no futuro, é importante organizar todos os compromissos presentes e futuros a fim de realizar uma gestão de gastos eficiente.

Identifique quais hábitos podem ser alterados para reduzir os custos, procure parcerias e abrace novas tecnologias para um atendimento mais personalizado. Os gastos devem estar de acordo com o faturamento da empresa — quanto mais dinheiro entrar em caixa, mais verba estará disponível para melhorias e investimentos.

4. Nível de satisfação

Outro indicador de desempenho na área da saúde é o nível de satisfação dos clientes. O paciente deve preencher um formulário após a consulta, avaliando questões relacionadas ao espaço físico, tempo de atendimento no consultório, atendimento na recepção e deixar um espaço para sugestões.

Esse questionário pode ser utilizado para sugerir melhorias no serviço e no ambiente, sendo um importante KPI no momento de tomadas de decisões. Clientes mais felizes são mais fáceis de fidelizar e costumam indicar o local para amigos e familiares, que representam potenciais novos pacientes.

Ao longo de todo o texto citamos os principais indicadores de desempenho na área da saúde e como eles podem ajudar a sua empresa a melhorar os resultados. Seu constante acompanhamento e melhorias são essenciais para conquistar a preferência dos pacientes e, com isso, se tornar mais competitivo no setor, obtendo sucesso na área.

Gostou do conteúdo ou ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco, pois queremos saber a sua opinião.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário