Subscribe Now

Trending News

Os efeitos dos atrasos no trabalho
Saúde no Trabalho

Os efeitos dos atrasos no trabalho

Para os superiores e para o RH, o fato do absenteísmo ser um dos principais desafios no ambiente de trabalho é assunto antigo. Mas muitos colaboradores ainda não entendem a dimensão das faltas e atrasos no trabalho.

Cada hora que você está no trabalho custa caro para a empresa. Por isso, os atrasos diários de meia hora e faltas não justificadas são um dos maiores custos indiretos para o RH.

Vale deixar claro que colaboradores que são sempre exemplares mas passaram por problemas pontuais em casa que acabaram afetando o trabalho não entram nos índices de absenteísmo. Aqui estamos tratando daqueles que chegam fora do horário de forma rotineira.

O buraco dos atrasos no trabalho é mais embaixo do que se pensa. Este péssimo hábito gera uma série de efeitos igualmente negativos. Confira quais são eles:

Pé atrás

O colaborador pode ter resultados satisfatórios em suas entregas. Mas como ele sempre apresenta atrasos no trabalho e falta constantemente, fica mais difícil saber quando é realmente possível contar com ele.

O tal atrasado pode ser o mais adequado para tocar um projeto importante. Porém, a empresa não pode correr o risco de apresentar atrasos na reunião com o cliente, e portanto, escolhe outra pessoa menos compatível, mas comprometida com a pontualidade.

Demos este exemplo para ilustrar como o absenteísmo faz com que os superiores sempre tenham um pé atrás ao lidar com o colaborador atrasado.

Afinal, não é possível apostar as fichas para que este funcionário lidere algo importante se ele nem sequer tem responsabilidade com horários. 

Você pode ser exemplar no que faz. Mas a partir do momento em que tem problemas com pontualidade, a sua credibilidade será questionada

Empecilho para a equipe

Um time coeso, com a comunicação em dia e que trabalha no mesmo ritmo é a chave do sucesso. É evidente que um atrasado não combina com esta fórmula.

Quando um dos membros da equipe sempre apresenta faltas e atrasos no trabalho, é natural que a resposta do restante do grupo seja de certa apatia

Afinal, o colaborador irá atrasar o processo de produção e não estará presente quando solicitado. Além do pensamento: ”Eu acordo no horário religiosamente e fulano dorme meia hora a mais tranquilamente e nada acontece?”. É compreensível a revolta.

O time inteiro é prejudicado por causa dos atrasos e faltas alheias. Não é justo com quem sempre chega na hora e exerce suas funções dentro dos prazos.

Demissão

No pior dos casos, os atrasos no trabalho levam à demissão.

O absenteísmo é um problema tão sério para as empresas que o RH observa a frequência dos colaboradores de perto.

Ao chegar à conclusão de que um funcionário se atrasa ou falta constantemente, tenha certeza que a presença dele na equipe será questionada. Em português claro: se ainda vale a pena mantê-lo contatado.

Pois é, o assunto é grave. Não importa se o seu currículo é um dos melhores da empresa. Os atrasos no trabalho fazem com que até os mais capacitados sejam repensados.

Isso acontece porque no fim do dia, de pouco adianta um portfólio exemplar se o colaborador não se mostrar presente no escritório para fazê-lo. Além de atrapalhar todo o processo de produção da equipe, como explicamos anteriormente. 

Gostou de saber mais sobre atrasos no trabalho? Curta a página da Conexa Saúde no Facebook para mais!

Texto: Manoela Caldas.

fale conoscoPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *