Prevenção na saúde: a telemedicina no cuidado

4 minutos para ler

Oficialmente autorizada pelo Ministério da Saúde em 2020, a telemedicina tem se mostrado uma ótima aliada na prevenção da saúde, com diversos serviços e atendimentos, visto que além de proporcionar o diagnóstico e acompanhamento médico, também promove a busca pelo autocuidado e atenção entre os pacientes.

Através da plataforma de telemedicina, torna-se possível o acesso à materiais e informações sobre o monitoramento da saúde, desta forma, então, podemos imaginar que a qualidade de vida de quem usufrui dessa ferramenta tende a melhorar, já que ela funciona como uma espécie de educação contínua entre profissionais e população.

Além disso, diante o cenário de pandemia que vivemos, a telemedicina proporciona a segurança do profissional e do paciente, garantindo a confiabilidade e sigilo das informações trocadas na consulta.

O que é a prevenção na saúde?


A ideia da prevenção na saúde corresponde a realização de um acompanhamento médico a fim de monitorar o movimento do nosso organismo com o intuito de evitar imprevistos e possíveis problemas.

Isso acontece tanto por consultas e exames periódicos, quanto por campanhas e promoções de educação coletiva sobre hábitos e atividades diárias, normalmente realizadas por entidades médicas, públicas e privadas.

O Sistema Único de Saúde (SUS) é responsável por campanhas anuais de conscientização sobre diversas enfermidades e sobre como podemos cuidar da nossa saúde e tomar medidas de prevenção. Além de realizar também campanhas de vacinação, evitando a proliferação de vírus e bactérias

A telemedicina, nesse sentido, vem para somar com essas ações, já que além das consultas, diagnóstico e acompanhamentos médicos, também proporciona o acesso à web-palestras e materiais educativos sobre a saúde.

Além disso, em 2020, a telemedicina foi muito importante no combate ao Covid-19, pois através deste serviço foi possível ao Ministério da Saúde levar atendimento à indígenas no Amazonas com as videoconferências, como uma forma de enfrentamento ao vírus, diminuindo também o tempo de espera para a consulta.

Mas não só, a telemedicina também foi usada para proporcionar atendimento à comunidades indígenas e ribeirinhas no Pará, através de uma parceria entre o Instituto Socioambiental (ISA), a organização norte-americana Health In Harmony e a Faculdade de Medicina da Universidade do Pará (UFPA) para atender as populações que vivem em vilas remotas e isoladas.

Por que investir na prevenção na saúde?


Investir na sua saúde é investir em você. Assim, através da medicina preventiva você garante sua qualidade de vida, seja você portador ou não de uma doença.

Isso porque a prevenção na saúde ensina as pessoas a adquirirem um cuidado mais completo consigo mesmo, tornando sua vida mais ativa e mais produtiva.

Consequentemente os gastos diminuirão, pois você terá investido na prevenção, e então, muito provavelmente, não terá que arcar com possíveis tratamentos e medicações.

A prevenção na saúde no trabalho


Por conta desses benefícios, muitas empresas adotam a prevenção da saúde na medicina do trabalho como uma forma de investir em seus colaboradores que se tornarão pessoas mais eficientes, melhorando o rendimento das equipes, e da empresa como um todo, muito maior. Sem contar que o ambiente de trabalho ficará muito mais dinâmico.

Dessa forma, a prevenção na saúde no trabalho pode ser aplicada não só através de convênios, mas também por atividades e programas que eduquem e incentivem o autocuidado, se tornando uma ótima ferramenta de endomarketing.

Viu só? A telemedicina é uma ótima facilitadora na relação entre médico e paciente. Não deixe a sua saúde para depois, fale com a Conexa Saúde.

Para ficar por dentro das novidades, nos acompanhe no Instagram e Facebook.

Posts relacionados

Deixe um comentário