Subscribe Now

Trending News

Profissional do futuro: o que podemos esperar?
Saúde no Trabalho

Profissional do futuro: o que podemos esperar?

Não é de hoje que nossos comportamentos têm mudado, tudo graças aos avanços da tecnologia e de metodologias mais modernas, práticas e inteligentes. Hoje, se pararmos para pensar, resolvemos boa parte das atividades diárias por meio de computadores, smartphones e tablets, desde pedir uma refeição até receber um laudo médico!

Com todas essas mudanças rápidas e dinâmicas, surgem também novas formas de trabalho, o que nos faz perguntar frequentemente como será o profissional do futuro e como as empresas devem se adaptar a essas tendências!

Se você quiser já sair na frente e conhecer as principais características desse profissional do futuro, não deixe de conferir este post e começar a praticar algumas habilidades. Vamos lá?

As tendências para o mercado de trabalho no futuro

Aqui, separamos algumas tendências do mercado, que já podemos considerar como novidades que nem imaginávamos existir até pouco tempo e que, hoje, tornaram-se uma realidade fundamental para o funcionamento de muitas atividades. Confira:

  • aplicativos: atualmente, diversas empresas e marcas desenvolveram seus próprios aplicativos para facilitar ou, até mesmo, servir como base principal da atividade. Prova disso são os apps que já possibilitam que profissionais trabalhem por conta própria, ofereçam seus serviços e conectem-se a clientes;
  • home office: outra característica muito comum do profissional do futuro é o trabalho em casa, ou seja, muitas atividades surgiram, enquanto outras se adaptaram, podendo ser realizadas a qualquer hora e de qualquer lugar;
  • coworking: outra grande tendência para o profissional do futuro é o compartilhamento de estações de trabalho;
  • telemedicina: já se foi o tempo em que os colaboradores precisavam ir até o centro médico para buscar laudos, exames e, até mesmo, consultar-se com o profissional da área da saúde. Com a telemedicina, a saúde ocupacional se torna cada vez mais online e isso traz benefícios e praticidade, tanto para a empresa quanto para o funcionário;
  • IoT: a Internet das Coisas também é considerada uma das principais tendências para o mercado do futuro, tendo em vista o avanço da conectividade dos aparelhos e dos equipamentos das empresas.

As habilidades necessárias para o profissional do futuro

Com as tendências e os avanços do mercado de trabalho, algumas habilidades se tornaram imprescindíveis para o profissional do futuro se destacar e crescer nesse cenário tão dinâmico. Veja:

  • inteligência emocional: será fundamental conseguir compreender seus desejos, sentimentos, dores e emoções mais do que nunca! Afinal, teremos mais acesso a informações e referências e precisaremos achar o equilíbrio emocional perfeito entre o virtual e o real;
  • criatividade: essa característica já é e será ainda mais um fator de diferenciação do profissional do futuro. Afinal, com uma competitividade extrema, além de serviços e produtos semelhantes, aquele que conseguir criar algo novo nesse cenário se destacará sempre;
  • pensamento crítico: essa característica envolve lógica e raciocínio. Por isso, é tão valorizada e, num futuro próximo, será ainda mais. Ela permite que o colaborador ou o gestor exponham suas visões e opiniões perante os objetivos da empresa e isso deve ser visto sempre como um aprimoramento e como melhoria;
  • flexibilidade cognitiva: o profissional do futuro precisará sempre criar caminhos e meios para resolver problemas que surgem no dia a dia. Essa habilidade permite expandir interesses pessoais e profissionais, sair da zona de conforto e interagir com pessoas de visões diferentes, sem conflitos.

Em resumo, o profissional do futuro precisará se reinventar a cada dia, assim como o próprio mercado! Como vimos, as tendências que, até pouco tempo, pareciam inimagináveis, já se tornaram realidade, inclusive, com algumas já avançando para outros níveis de modernidade. No mesmo ritmo, as empresas e os funcionários precisam acompanhar e buscar seus espaços nesse ambiente dinâmico e mutável a cada minuto!

Por fim, vale reforçar que o papel da empresa também é fundamental para preparar esse profissional do futuro e, inclusive, pode proporcionar ambientes, métodos e atividades que estimulem essas habilidades. Por exemplo, permitir um dia de trabalho homeoffice, criar espaços tecnológicos, investir na telemedicina para os atendimentos médicos corporativos e promover palestras e eventos sobre assuntos novos e tendências!

Curtiu? Quer ficar por dentro de outras novidades como essas? Então, não deixe de assinar nossa newsletter e receber tudo em primeira mão!

fale conoscoPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *