promoção de saúde mental promoção de saúde mental

Promoção da saúde mental garante resultados

4 minutos para ler

Quando se fala em saúde mental no trabalho, é importante ressaltar que a empresa tem responsabilidade no que diz respeito ao bem-estar físico e mental de seus colaboradores, durante o período de trabalho.

Por tanto, é necessário seguir um programa de ergonomia e medicina do trabalho de forma séria e sólida, visando a prevenção de acidentes e doenças causadas pelo trabalho, além de promover a saúde dos colaboradores.

Com a chegada da pandemia e a necessidade do home office, tais medidas, que inclusive são determinadas por lei através da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), se tornaram ainda mais necessárias.

A readaptação na forma de trabalhar trouxe muito desgaste e estresse para muitas pessoas, levantando novos desafios para as empresas que vão além dos treinamentos para o trabalho remoto. Logo, o planejamento interno tem sido imprescindível para o caminhar dos negócios.

Número de funcionários em trabalho remoto pode duplicar em 2021

De acordo com uma pesquisa realizada pela Enterprise Technology Research, dos Estados Unidos, e divulgada em matéria pela Forbes Brasil, por conta do Covid-19, o número de funcionários em trabalho remoto em tempo integral pode duplicar de 16,4% a 34,4% em 2021, no mundo todo.

Ainda de acordo com a matéria, um outro estudo, feito pela empresa Stoneside, com mil funcionários, afirma que para as pessoas que já trabalhavam com home office, as adaptações no trabalho por conta da pandemia foram poucas e não impactaram tanto seu cotidiano.

Entretanto, para os funcionários que trabalhavam presencialmente, a transição para o trabalho remoto trouxe mais impacto para o dia a dia. 43% responderam não estar interagindo com os colegas como antes.

Enquanto para 51% das pessoas que já realizavam trabalho remoto a relação com os colegas se manteve igual após a pandemia.

Somado a isso, existe todo o estresse gerado nesse momento e, principalmente, as incertezas econômicas que afetam diretamente as empresas e o clima nas equipes, que refletem nas atividades e ações que devem ser realizadas.

Diante de toda a pressão causada pela pandemia, e mesmo fora dela, é importante que a empresa desenvolva e disponibilize serviços que visem a boa funcionalidade das suas equipes, pensamos não só na saúde dos profissionais, como também na produtividade e resultados que eles trarão para o negócio.

Como e porque investir na saúde mental dos colaboradores?

Tornar o local de trabalho mais humanizado é indispensável para as empresas que se preocupam com a saúde mental de seus colaboradores. O suporte profissional vai impactar diretamente na dinâmica e produtividade das equipes que perceberão o investimento feito nelas.

Essa é uma ótima ferramenta de endomarketing, mostre aos seus funcionários que você se importa com eles.

De acordo com um estudo da Universidade da Califórnia, quando há investimentos no funcionário, ele se torna 31% mais produtivo, três vezes mais criativo e vende 37% mais.

Repense e modifique a cultura da empresa, visando os benefícios dos indivíduos e da empresa como um todo. Aplique campanhas e treinamentos que incentivem o autocuidado e atenção com a saúde, promovendo interação entre as pessoas.

Um ótimo investimento que traz grandes resultados e respeita as normas de isolamento social é a telepsicologia, que possibilita atendimentos personalizados para os funcionários que poderão trabalhar não só questões profissionais, como também pessoais.

Entre em contato com a Conexa para saber mais sobre as soluções de telepsicologia disponíveis para você aplicar em sua empresa e tornar seus colaboradores ainda mais capacitados.

Continue nos acompanhamento nas redes sociais: LinkedIn, Facebook e Instagram.

Posts relacionados

Deixe um comentário