qualidade de vida qualidade de vida

O que é qualidade de vida?

3 minutos para ler

Já divagamos sobre o sucesso e felicidade, e aqui pensaremos sobre qualidade de vida. Assim como os tópicos anteriores, trata-se de um tema que é em parte abstrato e relativo quando visto sob uma ótica pessoal.

Por outro lado, quando analisada sob um âmbito macro, na esfera política e social, torna-se um assunto factual, embasado com dados e pesquisas.

Ótica pessoal

Quando analisada sob uma ótica pessoal, você pode responder o que é qualidade de vida.

A concepção muda de acordo com as prioridades, ideologias, realidades e desejos de cada um. Para alguns, pode ser conseguir trabalhar com o que ama até ser bem velhinho. Para outros, se aposentar o quanto antes e aproveitar o ócio. 

Reflita sobre o que é importante e o que faz sentido para você. 

Na sociedade

Decisões entre campo ou cidade, viajar o mundo ou construir raízes variam de pessoa a pessoa. Entretanto, existe um senso comum do que é qualidade de vida que independe de opinião.

A qualidade de vida é calculada pelo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Exatamente por se tratar de um conceito abrangente, a pesquisa definiu três pilares para serem os indicadores para chegar na resposta final: renda, educação e saúde.

Em um país de tamanha desigualdade social como o Brasil, seria impossível e desonesto tratar de qualidade de vida como algo apenas pessoal. Sim, cada um tem suas virtudes. Mas elas têm menos peso do que viver com uma renda confortável e acesso à boa educação e saúde. 

Por mais interiormente feliz que alguém seja, não há qualidade de vida se há medo de não conseguir colocar o pão na mesa para a família no dia seguinte.

Saúde como peça chave

Os três pólos estabelecidos pelo IDH são igualmente muito importantes. Mas como a Conexa Saúde é uma plataforma de telemedicina, aqui vamos focar na saúde como peça chave para qualidade de vida.

Apesar do ‘ser saudável’ também ser um conceito relativo, é unânime que todos devem prezar pelo bem estar físico e mental. Você com certeza já ouviu dos mais velhos as frases: ”Quem tem saúde, tem tudo” e ”Saúde não se compra”.

É interessante observar nestes dizeres o contraponto com a renda, como se a saúde fosse algo a parte do ambiente externo. 

”Quem tem saúde, tem tudo” – mas para ter saúde em primeiro lugar, é preciso viver em um local com saneamento básico, sem violência e com atendimento qualificado.

”Saúde não se compra” – mas quando ela falha, se tratar em um hospital privado, com médicos e equipamento de ponta e sem filas imensas, custa dinheiro.

O que é, afinal, qualidade de vida?

Conclui-se, portanto, que o conceito de qualidade de vida permeia por definições práticas e mais lúdicas.

Entretanto, enquanto a sociedade for marcada por um abismo social, torna-se impossível pensar em qualidade de vida como algo apenas pessoal.

Qualidade de vida é ter uma estrutura de renda, educação e saúde tão boa que a sua preocupação será só a de divagar sobre as belezas da vida.

Texto: Manoela Caldas.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário