O Saúde Digital, do Dr. Lorenzo Tomé, apresentou um episódio com Dr. Roberto Botelho, que desde 1999 já trabalha com telemedicina.

Dr. Roberto é diretor do Instituto do Coração do Triângulo e de suas Divisões de Cardiologia Intervencionista e Pesquisa Clínica. Doutor em Ciências pela USP/SP. Além disso é Fundador e Presidente do Uberlândia Medical Center, da iTMS do Brasil e Co-Fundador da Conexa Saúde. Além disso tudo, possui um DNA empreendedor.

Acompanhe nesse artigo alguns pontos que foram abordados nesse episódio!

A telemedicina e seu contexto

Há 10 anos o Dr. Roberto publicou a seguinte frase em uma revista de medicina: “O mais importante é perceber nesse contexto macroeconômico que a tecnologia baixa custos e aumenta a qualidade da assistência médica. A telemedicina é uma poderosa ferramenta para descentralizar a complexidade, universalizar o acesso e democratizar a atenção em saúde.” Além disso, Dr. Roberto diz que o médico que for substituído pela telemedicina e pela inteligência artificial merece, já que essa é uma ferramenta que vem para auxiliar na tomada de decisão médica.

Durante a entrevista, Dr. Roberto destacou a importância do empreendedor ter autoridade formal sobre aquilo que empreende. É imprescindível que os profissionais tenham conhecimento profundo sobre a sua área de atuação.

Medicina de qualidade

Somado a isso, Dr. Roberto chama atenção para a importância do networking e do feedback para um constante melhoramento do seu negócio e do seu mindset empreendedor. 

Sem dúvidas, o networking foi a fonte mais importante para que ele conseguisse desenvolver alguns projetos. O mais importante que o resultado do empreendedorismo é a necessidade de empreender. Esse mindset, comum a todos, faz com que uma pessoa esteja sempre aberta a se aproximar das pessoas certas. Um mindset global fez do Dr Robert Botelho um grande usufruto do conhecimento global.

Temos uma estrutura cerebral que faz processamento apreendidos. Mas acima desse substrato, desse hardware de cérebro, existe um conceito muito discutido de mente. Nós somos um arquétipo de subconsciente coletivo. Quando convivemos com massas críticas de pensamento, estamos absorvendo subconsciente coletivo dessas massas críticas.

Quando começou o conceito de telemedicina

Dr. Roberto começou o conceito de telemedicina enquanto praticava a Cardiologia. Fazia uma Cardiologia que pode se diferenciar porque já usufruía de telemedicina. A telemedicina o ajudou na prática a melhorar o seu serviço como médico, possibilitando a sua atuação sem o preconceito e o medo de que a tecnologia fosse o atrapalhar ou o substituir.

Foi possível observar como a tecnologia aumentava o acesso a pacientes que nunca chegariam a ele. Observaram como a tecnologia melhorava a construção de conhecimento e atenção, a ponto de entregar aos pacientes indicadores mais robustos.

Modelos foram construídos e expandidos para outras geografias, não só do país, como também de fora. As dores e limitações do interior de Uberlândia eram diferentes das dores e limitações de quem estava dentro de um grande centro em São Paulo. Tinha-se conteúdo de gente muito melhor e de gente que tinha mais necessidade.

Enfim, o que Dr. Roberto Botelho pretende fazer é entregar uma medicina de qualidade para o paciente. Ao longo da sua trajetória, o caminho foi muito mais importante que o destino.

Confira tudo o que foi dito nesse episódio, em um podcast que é uma verdadeira aula de tecnologia aplicada na medicina por um médico!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert