A saúde emocional é algo que todos temos que levar em consideração quando se trata de bem-estar e, no trabalho, esse assunto não é diferente. O fato de estar de seis a oito horas por dia dentro de uma empresa pode ser muito estressante, fazendo com que a produtividade e a saúde emocional no trabalho sejam prejudicadas.

Diante desse cenário, algumas empresas são sabem o que pode ser feito para que os funcionários se sintam bem com o seu estado emocional, em tempo integral, enquanto presentes em um ambiente de trabalho.

Por isso, preparamos este artigo para que você saiba a importância de manter a saúde emocional e como as empresas podem contribuir para isso no ambiente de trabalho. Acompanhe!

O que é saúde emocional?

A saúde emocional é caracterizada de maneira simples pelo controle que cada pessoa tem em relação à sua capacidade de controlar seus sentimentos e emoções.

Assim como o corpo físico, a mente também fica doente, e quando a pessoa não tem o devido controle sobre suas emoções, algumas doenças podem surgir e prejudicar o bem-estar, como a ansiedade, o pânico e a depressão.

Qual a importância da saúde emocional no trabalho?

Muitas das pessoas passam grande parte do seu dia em seu ambiente de trabalho, transformando sua convivência com esse local de extrema importância. Se um trabalhador já tem problemas com sua saúde emocional ou adquire tais problemas com o dia a dia no trabalho, seu desempenho profissional será afetado de maneira negativa, trazendo maiores transtornos para o funcionário e também para a empresa.

Um dos pontos importantes é que, em muitos casos, o patrão não tem tal consciência dos problemas que envolvem seus funcionários, resultando em punições desnecessárias e, até mesmo, gerando casos de demissão injusta.

É de suma importância o controle sobre suas capacidades emocionais em tal local, para que não ocorram inúmeros problemas. Dessa forma, cabe, a ambos, trabalhar em conjunto para um ambiente de trabalho saudável.

Como as empresas podem contribuir?

A maneira mais eficiente de uma empresa lidar com as inovações na saúde de seus funcionários, seja a mental, seja a física, é a adaptação. A adaptação não deve vir somente do lado contratado, visto que o contratante deve saber lidar com todas as situações que envolvam seus funcionários e sua qualidade de produção.

Além da adaptação, existem outras maneiras como essas contribuições podem ocorrer. Oferecer programas de saúde é uma ótima opção, e isso é essencial nesses casos, formando convênios com clínicas especializadas em psicologia e psiquiatria ou, até mesmo, contratando profissionais do ramo para atuar dentro de sua empresa, com tratamentos internos.

Outro método de grande ajuda é o da telepsicologia. Uma maneira fácil de tratamento, sendo realizada online, contribuindo para a otimização do tempo e tornando os conflitos de distância nulos.

Visto dessa forma, o controle da saúde mental é vital para um excelente convívio entre todos os presentes em uma área de trabalho. A falta desse tratamento prejudicará o rendimento do colaborador e da empresa. Nesse caso, o empregador, em hipótese alguma, deve menosprezar a área do bem-estar e da qualidade de vida, visando sempre a entender e a saber lidar com situações que envolvam a saúde emocional no trabalho.

Gostou do nosso post e quer contribuir ainda mais para a saúde emocional dos seus colaboradores? Então, certamente, você vai gostar de ler e entender como a telepsicologia e o bem-estar podem ajudar nessa jornada.

fale conoscoPowered by Rock Convert