A saúde física e mental depende muito dos nossos hábitos pessoais, mas também das experiências vividas no trabalho, já que, em geral, ele ocupa a maior parte do nosso tempo. Por isso a preocupação de que esse espaço reúna condições para o bem estar dos frequentadores. Segundo a OMS, um ambiente de trabalho negativo pode provocar problemas de saúde física e mental e, inclusive, o uso abusivo de álcool e drogas, além da queda na produtividade e o absenteísmo. 

Diante disso, muitas empresas passaram a se preocupar com essa questão, por entenderem que proporcionar uma boa estrutura de trabalho, boa convivência e ações preventivas, deixam as equipes mais saudáveis, e, consequentemente, mais aptas a desenvolver um bom trabalho.

Ao longo do texto, vamos dar algumas dicas de como proporcionar esse equilíbrio aos colaboradores.

Ficou interessado no assunto? Então, continue a leitura e veja o que fazer para garantir a saúde física e mental dos trabalhadores na sua empresa. 

Fatores de risco

Dentro das organizações há vários fatores de risco para a saúde dos colaboradores, começando pelo tipo de trabalho que é desenvolvido, sejam os que demandam maior esforço físico ou intelectual.

Por isso para cada um deles é preciso adequar o ambiente de forma a proporcionar segurança, seja na questão estrutural ou mesmo no que se refere ao clima organizacional. Só dessa forma é possível evitar ou amenizar o risco do surgimento de doenças de qualquer natureza. 

Prevenção estrutural

Quando se trata de fatores estruturais, é preciso dar atenção aos padrões específicos para cada local, para evitar principalmente surgimento de problemas físicos.

Numa fábrica ou obra é um dever dispor dos equipamentos de segurança individual para evitar acidentes, os chamados EPIs. Em um escritório, a preocupação é com a ergonomia dos móveis, mesas, cadeiras, tudo isso para evitar doenças como LER e DORT, entre outras.  Os prédios também devem obedecer às normas de prevenção de incêndio e sinistros dispostos em lei.

Outros fatores

Mas não é só essa estrutura que pode causar doenças. Outros fatores também devem ser observados como forma de prevenção. A qualidade do espaço; a incidência de luz solar; iluminação adequada e a limpeza do ambiente, como salas, banheiros e copa, mas principalmente do ar condicionado, para evitar proliferação de vírus.

Até a temperatura e o posicionamento do aparelho é alvo de reclamação entre alguns colaboradores, já que alguns preferem a mais baixa e, outros, mais sensíveis, média.

Cuidado com o estresse

A nossa saúde mental parece estar sendo testada a cada acontecimento, prova disso é o fato do Brasil ser o País mais ansioso do mundo, segundo a OMS. Um dos fatores responsáveis por esse título é o estresse e o trabalho é um dos ambientes propícios a ele.

Fatores como bullying, pressão psicológica, assédio moral, jornadas longas e inflexíveis, falta de apoio no desenvolvimento de atividades, podem desencadeá-lo. Assim, é preciso estar atento e evitar esse tipo de comportamento para garantir um ambiente saudável de trabalho

Ginástica laboral

Não é novidade que as atividades físicas proporcionam equilíbrio entre corpo e mente. Uma delas pode ajudar no ambiente de trabalho. Só o fato de parar alguns minutos durante a jornada para fazer uma atividade leve e em grupo, já faz com que o colaborador tenha outro ânimo ao voltar às tarefas.

Ela promove não só a interação entre os colegas, como estimula a criatividade e também previne doenças relacionadas à coluna. Já se tornou uma prática bem comum nas empresas, pois tem baixo custo e ótimo resultado.

E você o que tem feito pela saúde física e mental de seus colaboradores?

Texto: Luciana Cavalcante

Você já conhecia as dicas de saúde física e mental no ambiente de trabalho citadas no artigo de hoje? Então, se você gostou desse conteúdo, acompanhe outros como esse no nosso Linkedin!

Powered by Rock Convert