segurança em casa segurança em casa

Cuidados com a segurança em casa

4 minutos para ler

Acidentes domésticos são comuns e mais corriqueiros dos que pode imaginar, principalmente entre idosos e crianças. Inclusive, e infelizmente, essa é uma das principais causas de morte infantil no Brasil e no mundo.

Por isso, é importante tomar algumas medidas preventivas para a segurança dentro de casa, principalmente agora com o isolamento social por conta do Coronavírus.

Segundo informação divulgada na Agência Brasil, a Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé (ABTPé) afirma que nesse momento os acidentes domésticos estão mais propícios de acontecerem devido às maiores atividades que as pessoas estão desenvolvendo dentro de casa e que é preciso atenção.

Pensando nisso, reunimos algumas dicas e orientações para te ajudar a manter a sua segurança e a de quem mora com você.

Cuidados redobrado com as crianças

As crianças em fase de crescimento possuem muita energia e curiosidade para desbravar o mundo, por isso é preciso cuidado e atenção redobrada com elas, até porque suas ações são imprevisíveis.

Procure manter objetos duvidosos e perigosos (como sacos plásticos, facas e fios) em ambientes onde elas não alcançam. Se possível, coloque travas em armários e gavetas. Atente-se aos brinquedos, opte pelos que não possuem peças pequenas e fáceis de soltar.

Se você mora em apartamento, não dispense as redes de proteção, e se sua casa tiver piscina, coloque uma proteção em volta do espaço para que a criança não chegue lá sozinha.

O principal cômodo da casa que se deve ter atenção é a cozinha. Aqui o uso de travas é praticamente indispensável, há até quem use uma grade de proteção na porta da cozinha, pois assim você terá uma preocupação a menos já que a criança não conseguirá passar para esse ambiente da casa.

Mas, além disso, não deixe os cabos das panelas que estão no fogão para fora, procure tampar os botões do fogão quando ele não estiver em uso e tente ensinar a criança a não ir na cozinha sem alguém acompanhado ela.

Evitando os acidentes domésticos: medidas e precauções

Não é só com as crianças que os acidentes domésticos acontecem, por isso algumas medidas e precauções podem ser tomadas a fim de evitar tais acontecimentos.

O segundo grupo que mais sofre acidente dentro de casa é o de idosos. De acordo com o Sistema Único de Saúde (SUS), 75% das lesões atendidas entre os idosos ocorreram em casa.

Entretanto, o cuidado deve ser de todo mundo, afinal com a correria do dia a dia algumas coisas passam desapercebidas e os acidentes podem acontecer. Então, para evita-los você pode tomar algumas medidas e precauções como:

  • Proteja as tomadas com espelhos a fim de evitar choques e evite colocar benjamins, extensões e carregadores em uma só tomada para não a sobrecarregar. Em casas com crianças o ideal é colocar um protetor de tomada;
  • Procure colocar pisos antiderrapantes e evite deixar o chão molhado. Em casos de piso quebrado ou solto, tente ajustar o mais rápido possível. O mesmo para janelas e vidros quebrados;
  • A noite, evite andar pela casa no escuro. Além disso, se possível crie uma disposição entre os móveis que evite que você esbarre neles ao andar pelos ambientes;
  • Cuidado com o vazamento do gás, após usar o fogão sempre se certifique de o gás está fechado;
  • Cuidado com objetos que podem causar incêndios como ferros de passar, velas, carregadores de celular, bitucas de cigarro e afins;
  • Tenha atenção com produtos de limpeza e com medicamentos, principalmente em casa com crianças. Tais produtos podem causar envenenamentos e intoxicação.

Atenção com o álcool

Com a necessidade do uso do álcool 70, por conta do combate ao Covid-19, é preciso atenção para se evitar queimaduras, afinal ele é um produto inflamável.

Se possível, em casa opte por lavar a mão com sabonete. Mas, se você usar o álcool, espere ele secar para mexer com objetos que podem trazer problemas como fósforo, isqueiro ou o fogão.

Para mais informações confira a cartilha de Prevenção a Acidentes Domésticos e Primeiros Socorros disponível pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Gostou desse post? Para acompanhar mais conteúdos como esse, fique de olho em nosso Instagram e Facebook. 

Posts relacionados

Deixe um comentário