sucesso telemedicina sucesso telemedicina

Como obter sucesso com a telemedicina?

5 minutos para ler

Para quem está acostumado ao atendimento presencial a telemedicina parece algo distante e até complicado. Como toda mudança, principalmente quando envolve tecnologia, a tendência é a insegurança, mas logo vira rotina.

Foi assim com a chegada da internet no Brasil, no final dos anos 90. E hoje, quem diria, não conseguimos viver sem ela. O atendimento online tem tudo para seguir o mesmo caminho. O motivo: comodidade.

Mudanças significativas

Imagine se durante a pandemia do coronavírus você não pudesse pedir artigos essenciais pelos aplicativos e tivesse que sair de casa, quando todos os órgãos de saúde mundiais orientavam o isolamento social para evitar a contaminação?

Atender no consultório seria mais um risco. Assim, médicos foram pegos de surpresa e precisaram se adaptar rapidamente à nova realidade. Nesse cenário, o atendimento virtual surgiu como alternativa ao presencial.

Mais segurança

Além da comodidade, ele ofereceu segurança. Na prática, a classe descobriu que essa modalidade poderia solucionar inclusive o problema do rendimento com os consultórios fechados.

O resultado foi uma adesão em massa, que refletiu em aumento de quase 200% no cadastro de novos profissionais na plataforma Conexa Saúde. E eles são unânimes: telemedicina é mais fácil do que parece.

No texto a seguir mostramos como quebrar as barreiras do atendimento online e como a telemedicina pode destacar o médico no mercado, com depoimento de quem experimentou o serviço e comprovou que ele veio para ficar! Acompanhe!

Otimize o consultório com a telemedicina

Passados quatro meses, ainda vivemos a pandemia do coronavírus. Mesmo com o retorno gradual dos consultórios, a consulta à distância ainda é uma importante para alguns casos e pode ser feita de forma descomplicada.

O serviço garante não só o suporte necessário aos pacientes, mas também segurança para os médicos, tanto de saúde, como com relação à manutenção da receita financeira do consultório.

A vantagem é que oferece suporte técnico, além dos recursos para um atendimento ágil e eficiente, como de áudio, vídeo, assim como documentos na nuvem, facilitando o acesso a qualquer momento.

Quebre barreiras e comece atendimento virtual

Médicos que nunca tiveram contato com a telemedicina ficaram preocupados com a eficácia do serviço e suas limitações, já que nesse caso a anamnese tem que ser feita através do vídeo e entrevista com o paciente.

Mas é bom esclarecer que a telemedicina foi autorizada, para uso durante a pandemia, para atendimento pré-clínico; suporte assistencial; consulta; monitoramento e; diagnóstico, mas não substitui a consulta presencial.

Isso não quer dizer que o leque de possibilidades seja pequeno. Ao contrário, dentro do universo autorizado podem estar até a maioria dos seus pacientes, dependendo da especialidade médica.

Ela também é uma forma de democratização da saúde e humanização no atendimento, porque chega a locais distantes e evita o deslocamento em casos simples, como emissão de receita regular e análise de exames.

Seja um profissional competitivo

Em toda profissão a atualização constante e disponibilização de recursos modernos de serviços, colocam o profissional em condições competitivas no mercado. Na saúde não é diferente.

A saúde também é serviço e quanto mais atualizado melhor o retorno, tanto para o paciente, que dispõe de mais um canal de atendimento, como para o médico, que consegue não só fidelizar pacientes, mas captar novos.

Dr. Rodrigo Mousinho, cadastrado na Conexa na pandemia, avaliou a experiência. “Se estou mais acessível aumenta o alcance de pacientes”.

O médico completa. ”Estou oferecendo conveniência e isso gera valor, aumenta a minhas possibilidades, é um atrativo moderno”.

E a telemedicina não é uma tendência só para o período da pandemia. A Federação das Indústrias do Estado do Paraná avaliou que ela está entre as cinco para o pós-pandemia. Pacientes que experimentaram a comodidade devem manter essa opção.

“É muito mais fácil do que parece”

Em live com o Head do SAAS médico da Conexa, Miguel Barrella Neto, Mousinho avaliou o serviço. “É muito mais fácil do que parece. No início da pandemia ou antes dela não cogitava e foi uma experiência muito positiva”.

O médico atribui a facilidade à tríade: aceitar os limites da telemedicina, a tecnologia e o uso de uma plataforma segura.

“É evidente que a tecnologia veio para ficar e para ter sucesso com ela, a gente precisa aceitá-la e buscar experimentá-la”.

Rodrigo reforça o suporte da Conexa nesse processo. “Foi uma super ferramenta, tenho usado para ter essa experiência digital com sucesso. Isso foi fundamental. Sem ela eu não conseguiria ter essa experiência com meus pacientes.”

Resultados

Com as consultas suspensas por um longo período no início da pandemia, Dr. Mousinho começou a informar os pacientes que estaria atendendo através de teleconsultas.

Segundo ele no primeiro mês, eles ainda estavam se acostumando com a ideia, mas em pouco tempo o resultado apareceu. “Chegou um momento em que estava fazendo o mesmo número de consultas físicas no meio virtual”.

Confira a entrevista completa do Dr. Rogério Mousinho sobre a sua experiência de sucesso com a Conexa Saúde, ao Head do SAAS médico da Conexa, Miguel Barrella Neto.

Confira os 7 passos para começar o seu consultório virtual agora mesmo!

Atenda a qualquer hora, de qualquer lugar, até mesmo sem sair de casa!

Posts relacionados

Deixe um comentário