tendência da saúde tendência da saúde

5 tendências da área da saúde em 2021

5 minutos para ler

Engana-se quem pensa que tendências são reservadas apenas para áreas mais lúdicas, como moda, gastronomia e arquitetura. Muito pelo contrário, as áreas vistas como rígidas e tradicionais devem sempre buscar novas formas de inovar e se comunicar.

Afinal, novas tecnologias, demandas e públicos sempre surgem. Mais do que apenas se adaptar, o ideal é sempre estar um passo à frente. Para te ajudar nessa visão, selecionamos cinco tendências na área da saúde que vão estar em alta em 2021.

Por tanto, siga a leitura e confira!

Cuidado integrado como metodologia

O cuidado integrado é uma metodologia clínica que tem como objetivo a utilização de programas personalizados para cuidar do bem-estar físico e psicológico como um todo.

Apesar da medicina nos moldes que conhecemos separar o corpo em diferentes especialidades, nem o médico e nem o paciente podem esquecer que o organismo é todo conectado. Uma maior precisão de diagnóstico deve levar essa integralidade em consideração. É o chamado cuidado integrado.

O que se quer evitar com o cuidado integrado é a fragmentação dos processos. A falta de comunicação entre as partes envolvidas no tratamento clínico é considerada um dos piores defeitos da medicina atual. Por isso, a continuidade e o compartilhamento dos cuidados são as matrizes do cuidado integrado.

Para muitos pesquisadores da área, o cuidado integrado deve ser visto como um modelo central na elaboração de qualquer sistema de saúde ao redor de todo o mundo.

Saúde dos colaboradores como pilar nas empresas

Essa é uma tendência dupla, que está na área da saúde e na área de Recursos Humanos das empresas.

Saúde sempre foi e sempre será um dos pilares da relação empregador-funcionário. E naturalmente, com uma pandemia, a discussão sobre o tema tornou-se ainda mais urgente.

Uma boa sugestão para empresas que querem dar um passo a mais em 2021 é oferecer a telemedicina para os funcionários. Com uma plataforma de consultas médicas online à disposição, os colaboradores podem encaixar o compromisso de manter a saúde em dia na própria rotina.

Aqui, também vale destacar a telepsicologia, que é feita no mesmo formato digital, e é uma excelente forma de manter a saúde mental dos colaboradores em boas mãos.

Atenção com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

A LGPD tem como objetivo estabelecer bases legais para o uso de dados pessoais dos cidadãos por empresas. Isso significa a garantia de direitos dos donos por trás dos dados, e também limites estabelecidos para o tratamento deles por organizações. Todos os serviços de saúde que oferecem plataformas online, como hospitais, clínicas e laboratórios, precisam estar inteirados com a LGDP.

Como é uma lei relativamente nova, muitas empresas ainda não a dominam. Porém, trata-se de um tópico urgente e que está sendo amplamente discutido na atualidade. Por isso, está mais do que na hora de ficar por dentro dele.

A LGDP é mais um fator que firma o compromisso para empresas que têm como valor máximo a ética e transparência com o consumidor. Garantir as boas práticas de proteção e privacidade de dados fará com que os clientes confiem mais naquele serviço e o escolham em comparação a outros que não levantam essa bandeira.

Pacientes estão cada vez mais engajados

Aquela história de colocar um sintoma brando no Google e sair com um diagnóstico fatal é uma piada que ficou no passado. O comportamento do paciente mudou.

É evidente que sempre vão existir aqueles pacientes que acreditam em tudo o que leem por aí. Porém, com a facilidade de acesso e quantidade de informações de qualidade e o combate cada vez mais atento às fake news, a tendência é que os pacientes, principalmente das gerações mais novas, se tornem ainda mais atentos e engajados nas consultas e nos tratamentos.

E isso vale não apenas quando já se tem um diagnóstico. A atenção está na prevenção, o que é o sonho de qualquer profissional da saúde. Consultas de rotina e procura por um médico antes mesmo que os sintomas atinjam o pico tem se tornado cada vez mais comum.

A telemedicina veio para ficar

Por fim, o tópico que une todos os anteriores: a telemedicina veio para ficar.

Nos últimos anos, a telemedicina já havia se estabelecido como uma das maiores tendências da área da saúde no mundo todo. Mas, desde a pandemia do coronavírus, instaurada em 2020, o modelo de atendimento médico on-line ganhou ainda mais destaque por garantir o distanciamento social tão necessário, e também por ser um importante aliado de estratégia para evitar o colapso do sistema de saúde.

Além de ser uma importante estratégia estrutural, no olhar macro sobre o sistema de saúde, a telemedicina também foi muito bem recebida em níveis individuais dos pacientes e também corporativos, como um benefício oferecido pelas empresas mais antenadas.

A telemedicina tem tudo a ver com tendência por usar a tecnologia como uma inteligente aliada e entrar na rotina do paciente de forma democrática e personalizada.

Gostou de saber mais sobre as tendências da área de saúde para 2021? Então siga a Conexa Saúde no Instagram, Facebook e LinkedIn para ficar por dentro de mais conteúdos sobre saúde e bem-estar!

Posts relacionados

Deixe um comentário