Subscribe Now

Trending News

Turnover: o que ele diz sobre a sua empresa?
Saúde no Trabalho

Turnover: o que ele diz sobre a sua empresa?

Você pode até não conhecer o termo, mas durante a sua carreira profissional já deve ter observado essa situação acontecendo nas empresas onde trabalhou. A palavra de origem inglesa significa virada; renovação; reversão e é usada em várias situações.

No que se refere ao trabalho ela faz referência à alta rotatividade de funcionários nas organizações, ou seja, saídas frequentes de trabalhadores dessas empresas. Esse conceito funciona como um termômetro que mostra como anda a saúde organizacional dos negócios.

Se a conta não está de acordo com o padrão para o seguimento e período, é hora de reavaliar os processos para equalizar a situação. Muitos funcionários saem das empresas não só por questões salariais, mas pelo próprio clima organizacional.

Ficou interessado no assunto? Então, continue a leitura e entenda o que é turnover e o como evitar que prejudique a sua empresa

Alta rotatividade

A alta rotatividade de funcionários em uma empresa pode acontecer por vários motivos. Pode ser por demissão por decisão da empresa ou pedido de desligamento por parte do trabalhador.

Há ainda casos como fins de contratos, aposentadoria e licenças de saúde. Mas especialmente quando se trata de pedido de desligamento há alguns motivos que levam a ela como clima organizacional ruim, problemas com a gestão, baixa remuneração, falta de perspectivas, mas também pelo aquecimento do mercado, que gera melhores oportunidades.

Além do dinheiro

Uma pesquisa divulgada esta semana pelo Glasdoor, plataforma de empregos, mostrou que a cultura, missão e valores são levados mais em consideração pelos trabalhadores, do que o salário, para a permanência na empresa em que estão.

Foram ouvidas 1500 pessoas empregadas. Desse universo 81% disse que a missão e o propósito da organização contam até para se candidatarem a uma vaga e; para 61% a cultura organizacional vale mais do que o salário no que se refere à satisfação profissional.

Prejuízos do turnover

É inevitável que sucessivas saídas de funcionários geram um impacto, tanto no que se refere ao organograma- que fica desfalcado- como aos impactos financeiro.

Por decisão da empresa ou do trabalhador isso gera um custo, que pode ser bem alto, dependendo do tempo de casa do funcionário e do motivo da sua saída.  Há ainda custos posteriores, referentes à realização de recrutamento, seleção para novas contratações e treinamentos de recém-contratados, o que onera ainda mais as despesas com pessoal.

Como evitar o turnover

A valorização das equipes é uma das armas que as empresas têm para reter talentos, principalmente quando o mercado está aquecido. Nesses períodos, os funcionários mais qualificados têm um leque de oportunidades e não vão pensar duas vezes em sair, caso a empresa atual não corresponda mais suas expectativas. Essa valorização deve ser constante, principalmente com investimento no bem estar físico e mental, mas também intelectual, investindo em treinamentos de atualizações.

Texto: Luciana Cavalcante

E você, o que tem feito para evitara alta rotatividade em sua empresa? Achou nossas dicas interessantes? Então, compartilhe nossas informações nas redes sociais!

fale conoscoPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *