Subscribe Now

Trending News

Você sabe quais são as doenças pré-existentes? Venha descobrir!
Saúde no Trabalho

Você sabe quais são as doenças pré-existentes? Venha descobrir!

Os cuidados com a saúde dos colaboradores não perpassam apenas as questões ocupacionais. Um bom gerenciamento de saúde e bem-estar também é parte da obrigação das empresas e, por isso, os gestores de RH devem ficar atentos a essas questões.

Um dos pontos que devem ser observados é a ocorrência de doenças pré-existentes. Muitas vezes os próprios colaboradores são discriminados por conta delas e, por isso, pode ocorrer até desconforto interno na organização e queda no clima organizacional.

Continue lendo para entender o que é esse conceito, quais são as principais doenças pré-existentes e tire suas dúvidas sobre o assunto.

O que são doenças pré-existentes?

As doenças pré-existentes são aquelas que o paciente já adquire antes da contratação de um plano de saúde e que se tornam crônicas, ou seja, podem causar problemas a longo prazo. Por isso costumam ter atenção redobrada por parte dos contratantes e dos responsáveis pelas prestadoras.

Quais são as doenças pré-existentes mais comuns?

Algumas doenças pré-existentes são mais comuns e, por isso, é essencial saber um pouco mais sobre cada uma delas. Continue lendo e entenda como cada uma delas funciona.

Anemia

A anemia é uma doença causada pela redução de hemoglobina no sangue, o que leva a uma redução dos níveis de oxigênio transportados no organismo. Pode ser causada por deficiência de ferro ou por problemas genéticos que deterioram a hemoglobina.

Hérnia

A hérnia é uma espécie de escape, seja ele parcial ou total, de um ou mais órgãos por um orifício. Essa mudança pode ser gerada por uma má formação congênita ou por um enfraquecimento nas camadas de tecido protetoras dos órgãos internos.

Hipertensão

A hipertensão, também conhecida popularmente como “pressão alta”, é uma doença considerada crônica quando há valores de pressão maiores ou iguais a 140/90 mmHg.

Câncer

O câncer é uma doença gerada pelo crescimento desordenado das células, invadindo tecidos saudáveis, formando tumores pelo corpo. Há pelo menos 100 tipos de cânceres diferentes.

Doenças cardíacas

Podem ser classificadas como doenças cardíacas alguns distúrbios tais como:

  • angina;
  • arritmia;
  • cardiomiopatia;
  • endocardite;
  • hipertensão;
  • infarto;
  • insuficiência cardíaca;
  • sopro no coração, entre outros.

Qual é a importância de pensar nas doenças pré-existentes?

As empresas tendem a encarar as doenças pré-existentes como um grande problema. Muitas vezes torna-se até mesmo um componente essencial para evitar a contratação de algumas pessoas. Porém, isso é um erro.

Não é porque um determinado funcionário tem uma doença pré-existente que ele se tornará um peso. Todas as doenças que citamos acima possuem portadores cuja maioria se mantém funcional ao longo do tempo, sendo desnecessária a discriminação.

Além disso, é importante que as organizações pensem nas doenças préexistentes também no ato de contratação do plano de saúde de seus colaboradores. Isso porque essa condição faz com que as coberturas sejam diferenciadas, já que as empresas prestadoras não querem arcar com despesas elevadas, restringindo acesso a alguns exames e procedimentos.

Os gestores devem ficar atentos a isso para evitar que problemas possam prejudicar a qualidade de vida, saúde e bem-estar dos seus colaboradores. Afinal, lembre-se que o capital humano das empresas é essencial para conseguir conquistar o sucesso.

Você já conhecia esse tema? Sabia das doenças pré-existentes? Como lida com isso em sua empresa? Conte sua experiência nos comentários.

Gostou do post? Quer ficar por dentro de outras dicas como essa e garantir a saúde de seus colaboradores? Então, siga nosso Facebook e nosso LinkedIn para acompanhar as novidades! 

fale conoscoPowered by Rock Convert

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *